MENU

27/11/2020 às 16h08min - Atualizada em 28/11/2020 às 00h10min

Limpeza profissional tem exigências diferenciadas

mercado de limpeza I&I vem seguindo a tendência global de higiene profunda e prolongada contra microrganismos, fungos e bactérias

SALA DA NOTÍCIA Lígia Cerdeira
https://www.basf.com/br/pt/products/home-care-and-cleaning.html
*Por Rafael Taino de Mattos


A busca por produtos de desinfecção e higienização vem passando por um grande crescimento nos últimos meses e o segmento de limpeza profissional I&I (Institucional e Industrial)  também sentiu o forte aumento da demanda. No entanto, é preciso reconhecer detalhes deste mercado que o diferem da limpeza doméstica convencional.
O mercado de limpeza I&I vem seguindo a tendência global de higiene profunda e prolongada contra microrganismos, fungos e bactérias. Porém, para oferecer produtos de alta qualidade, é preciso levar em consideração exigências ainda maiores no quesito desempenho e produtividade deste setor, o que leva à discussão para detalhes técnicos e resultados mais práticos sobre os produtos e as soluções desenvolvidas.
Pensando especialmente nessas particularidades, a BASF oferece, por meio de seu portfólio, mais de 10 moléculas diferentes com atividade de desinfecção nas linhas Protectol® e Tinosan®. Estes produtos têm como objetivo proporcionar efeitos como long-lasting (longa duração), conservante, bactericida, fungicida ou até mesmo esporicida.
Um produto bastante versátil e extremamente eficiente em eliminação de microrganismos, o Protectol® GA, tem como ativo o glutaraldeído, agente de desinfecção classe alta extremamente eficiente contra fungos, vírus (incluindo os envelopados como os da classe corona) e bactérias Gram + e Gram - (inclusive microbactérias, um dos gêneros mais resistentes a processos de desinfecção química).
Essa solução é utilizada em diversos tipos de formulações de limpeza com propósito de auxiliar exclusivamente o mercado profissional de I&I na desinfecção de superfícies e equipamentos. Desta maneira, a desinfecção de espaços nos segmentos hospitalares, de criação de animais e processamento de alimentos e bebidas, por exemplo, pode ser facilmente alcançada.
Dependendo da sua concentração e formulação, o uso do Protectol® GA produz fórmulas de desinfecção de nível alto ou até mesmo esterilização. Para aplicações importantes, como desinfecção de instrumentos médicos, onde se busca esterilização ou alta desinfecção, este é um dos principais ativos existentes, podendo compor, inclusive, formulações para limpeza e higienização de pisos industriais e superfícies contaminadas.
Nos atentando à molécula deste produto, o glutaraldeído é um dialdeído estável em pH neutro a ácido, mas pouco estável em pH alcalino. Sua aplicação e formulação devem evitar temperaturas acima de 50ºC. O mecanismo de ação deste ativo é o de proporcionar ligações cruzadas em proteínas e enzimas, inativando-as e oferecendo alta eficiência desinfetante em pequenas dosagens, tais como de 0,10% a 0,15%. Para esterilização (o que inclui também a eliminação de esporos), concentrações de até 4% de ativo são encontradas. Entre outras características, o produto tem ação rápida e de amplo espectro, ação cross-link de proteínas, ação rápida e de amplo espectro, vantajoso custo-benefício frente a outros biocidas oxidativos, além de uso suportado pela BASF sob registro BPR (Biocidal Products Regulation).
Outro produto a se destacar para o mercado I&I é o Tinosan® HP 100. Este biocida tem ação no controle da propagação de contaminações microbiológicas. Seu potente efeito long-lasting / bacteriostático o torna um aliado especial na limpeza e desinfecção de superfícies em geral, principalmente contra bactérias gram + ou gram -. Essa solução tem como ativo o Dicloro hidroxi difenileter (Diclosan), composto que, em dosagem muito baixa, promove a inibição do crescimento de bactérias.
Este produto se mantém ativo em praticamente qualquer faixa de pH e sua estabilidade térmica supera os 100ºC. Por ser pouco solúvel em água, é sempre formulado juntamente com algum compatibilizante tensoativo e/ou álcool, mas não deve ser utilizado em formulações onde insumos oxidantes estão presentes, visto que, estas matérias-primas podem degradar o ativo Diclosan. Possui excelente desempenho em baixíssima dosagem, pode ser aplicado em limpadores de superfícies, desinfetantes, lava-louças em geral, lava-roupas líquido ou em pó e amaciantes e também tem uso suportado pela BASF sob registro BPR (Biocidal Products Regulation).
Neste mercado, onde produtos de alta performance são cada vez mais exigidos, a BASF vem se posicionando e mostrando toda a qualidade de seu portifólio para diversos tipos de aplicação em I&I. Há informações complementares sobre esta e outras especialidades na plataforma online shop@BASF - https://www.shop.basf.com/.

* Rafael Taino de Mattos é engenheiro bioquímico, consultor técnico de Formulações Industriais da BASF para a América do Sul
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp