MENU

01/12/2020 às 19h51min - Atualizada em 01/12/2020 às 19h51min

​Jacarezinho vai adotar toque de recolher contra Covid-19

Decreto deve ser publicado até a quarta-feira, 2, com as novas medidas de prevenção

Tribuna do Vale
Antônio de Picolli
O prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo Farias deve decretar até quarta-feira, 2, novas medidas de enfrentamento para frear o avanço do coronavírus no Município. Entre as novas estratégias, está o toque de recolher, ainda sem horário definido. A medida foi anunciada na segunda-feira, 30, em reunião extraordinária com o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Nascimento e membros do Comitê contra Covid-19.

O Governo do Estado também já confirma o toque de recolher das 23h às 5h, com a finalidade de conter a disseminação do coronavírus, que tem apresentado avanço significativo. A medida foi tomada após os números crescentes de casos e mortes na capital paranaense.

E em Jacarezinho, a realidade não tem sido diferente. Durante o final de semana, foram registradas quatro mortes por coronavírus em apenas 24 horas. “Estamos com três fiscais da Vigilância Sanitária permanentes nas ruas fiscalizando o comércio e contamos com o apoio da Polícia Militar, para nos auxiliar na fiscalização. O poder público vem fazendo sua parte, precisamos de contrapartida da população”, detalha o secretário.

De antemão, Nascimento indica que os serviços não essenciais serão mantidos e que as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Jardim Panorama e Parque Bela Vista, que estão fechadas por contaminação, serão reabertas ainda nesta semana. “A unidade do Parque Bela Vista abre já amanhã (2) e a do Jardim Panorama vai passar por uma desinfecção e posteriormente vamos abrir novamente”, esclarece.

Para Nascimento, a medida mais eficaz para frear o contágio do coronavírus em Jacarezinho é a conscientização da população, atendendo as recomendações sanitárias e evitando aglomerações. “Houve um relaxamento das pessoas em relação a proteção. Aumentou a mobilidade nas ruas e nós precisamos reduzir isso. Se for necessário sair, que saiam de máscara e fazendo o uso do álcool gel. A gente observa pelos números que a população jovem está se contaminando e está levando para os pais, avós e que estes em virtude da idade e comorbidades estão vindo a falecer”, desabafou o secretário.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp