MENU

10/12/2020 às 16h00min - Atualizada em 10/12/2020 às 16h10min

Liga NESCAU® antecipa breakdance em Paris/2024 ao incluir o passinho e dança na edição 2020

Maior competição estudantil do Brasil inovou ao migrar 100% para ambiente digital e incluir a dança na programação que, além do passinho, contou com ballet

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
https://www.liganescau.com.br/
Quando o surfe foi anunciado como uma das novidades para a Olimpíada de Tóquio, o Brasil se encheu de esperança com a expectativa de medalhas, especialmente com os campeões mundiais Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho. Foi em 2016. Quatro anos depois, o País volta a ter a mesma sensação, com a inclusão do breakdance no programa para os Jogos de Paris, em 2024. Criatividade e swing são características dos brasileiros na dança de rua e armas poderosas em competições. Uma prova disso é a criação de estilos como o passinho, que faz sua estreia na Liga NESCAU® 2020, a maior competição estudantil nacional, atualmente no ambiente digital em função da pandemia.

“Recebemos a notícia da inclusão do breakdance na Olimpíada com muita alegria, principalmente porque promovemos a estreia do passinho e da dança na Liga NESCAU® 2020. São dois estilos de dança de rua que utilizam alguns elementos semelhantes. Por isso, acredito que, no futuro, poderemos ver algumas das crianças e jovens que competiram na Liga brilhando nos Jogos Olímpicos no palco do breakdance”, acredita Abner Bezerra, Head de Marketing de NESCAU® e Bebidas da Nestlé Brasil. A dança foi uma das novidades do evento, que migrou para o ambiente digital em função da pandemia, com a entrada também do ballet.

Curioso é que o breakdance fará sua estreia como modalidade Olímpica em 2024, enquanto o passinho já integrou o programa dos jogos em 2016, no Rio de Janeiro. Isso porque os dançarinos de passinho tomaram o palco na cerimônia de abertura na Cidade Maravilhosa, apresentando o estilo de dança a milhões de pessoas ao redor do mundo ao som do “Rap da Felicidade”.

Presente nos bailes funk desde o início dos anos 2000, o passinho é bem mais jovem que o break, nascido na década de 1970 em Nova Iorque (EUA), normalmente dançada ao som do hip-hop, funk ou breakbeat. Embora o estilo de funk popularizado no Brasil e, consequentemente, sua dança tenham características distintas do norte-americano, há muitas semelhanças. Em termos de competições, ou batalhas, como são chamados, os brasileiros disputam em pé de igualdade com dançarinos de todo o mundo.

A Liga 2020 - Em função da impossibilidade de promover disputas presenciais, como nos anos anteriores, a Liga NESCAU® criou um modelo com adaptações para que os esportes pudessem ser praticados em casa. A mecânica é simples: as crianças gravam vídeos mostrando as atividades físicas e depois enviam para o site oficial do evento. Após a avaliação dos árbitros, os melhores avançam para as fases finais e são exibidos em programas no site oficial do evento (www.liganescau.com.br/). Como as exibições ao vivo são sempre aos sábados, o nome escolhido foi Sabaday.

Para desenvolver a nova estrutura e transformar a Liga NESCAU®, a Nestlé investiu R$ 5 milhões, incluindo outras ações da marca este ano. O retorno, tem sido acima das expectativas, como explica Abner Bezerra. "Conseguimos impactar mais de 30 milhões de pessoas apenas com a divulgação nas redes sociais. Esse número será ainda maior quando computarmos mídia espontânea e outros veículos parceiros. Tudo isso traz uma sensação de dever cumprido e a alegria de saber que envolvemos não só as crianças e jovens, mas famílias inteiras em torno da atividade física", avalia, que completa. "Outra fator importante para esse engajamento foi apostar em modalidades diferenciadas, como ballet e passinho. Trazer a dança para Liga ampliou nossos horizontes, ainda mais agora que o breakdance está incluído no programa dos Jogos Olímpicos de Paris/2024".

A competição é destinada a meninos e meninas de 8 a 16 anos e termina neste sábado (12). São 15 modalidades, nove convencionais (atletismo, ballet, basquete, futebol, ginástica, judô, skate, vôlei e xadrez) e quatro adaptadas (ginástica, futebol, basquete e ballet), além de dois desafios que serão tanto individuais como para toda a família, como dança, futmesa, badminton, tênis de mesa, torcida em casa, boxe, bocha, entre outros.

Essa diversidade é uma das armas para despertar os interesses das crianças em casa. Nesse contexto, a inclusão da dança foi um diferencial. Além da competição e desafios, os Sabadays contaram com aulas de profissionais da área, como Arielle Macedo e Flávio Verne, coreógrafos das popstars brasileiras Anitta e Pabllo Vittar, respectivamente.

Complexo esportivo digital - O acesso aos conteúdos estão na Vila Esportiva NESCAU®, espaço virtual que simula um complexo de arenas esportivas, onde estão todas as informações sobre cada modalidade. Construída pela marca de achocolatados da Nestlé especialmente para a competição de 2020, permite navegação em 3D e interatividade para toda a família. Para ser totalmente inclusiva, a plataforma possui uma interface adaptada para crianças com necessidades especiais, com conteúdo em libras e áudio descrição.

Além dos vídeos das crianças, a Vila Esportiva NESCAU® reúne uma série de conteúdos educacionais, como dicas de práticas esportivas, curiosidades e depoimentos dos seis embaixadores. O ídolo do futsal, Falcão, por exemplo, praticou diversas modalidades, como judô, basquete, xadrez e skate. Completam o time Tandara, medalha de ouro olímpica no vôlei; Etiene Medeiros, primeira mulher brasileira campeã mundial de natação; Yago, considerado uma das maiores revelações do basquete nacional da década de 2010; Flávia Saraiva, dona de sete títulos em Copas do Mundo de ginástica; e Verônica Hipólito, tricampeã pan-americana e campeã mundial no atletismo paralímpico. 

NESCAU® e o esporte - NESCAU® possui um longo histórico de apoio à prática de exercícios físicos e atividades coletivas, destacando a importância do esporte como ferramenta fundamental para fortalecer a autoconfiança de crianças e adolescentes, além de estimular o convívio social e a interação, provocando o espírito de coletividade.

As primeiras iniciativas da marca neste universo começaram ainda na década de 60, com o patrocínio às competições de ciclismo. Posteriormente, nos anos 80 e 90, NESCAU® também apoiou grandes eventos de esportes radicais, incluindo surfe, wakeboard e skate. Mais recentemente, NESCAU® patrocinou a Liga de Basquete 3x3, em parceria com a Associação Nacional de Basquete 3x3 (ANB3x3). Em 2014, a marca atingiu um marco inédito ao impactar mais de 33 mil estudantes com o apoio à realização de torneios intercolegiais em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp