MENU

17/12/2020 às 15h03min - Atualizada em 18/12/2020 às 00h00min

O que faz um Trader e quanto ganha?

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

O trader é o profissional do momento aqui no Brasil. Nos últimos 2 anos, a bolsa de valores passou do anonimato para algo de conhecimento público. Isso pode ser confirmado pela enorme entrada de CPF’s únicos na bolsa.

Quando falamos em “trader”, devemos entender que existem, em resumo, 3 modalidades diferentes de atuação:

      Curtíssimo prazo: os profissionais que atuam no curtíssimo prazo, ficando com as ações no máximo por 24 horas, e são chamados de day traders. Em resumo, eles não estão interessados em se tornar sócios da empresa, mas sim aproveitam as oscilações do mercado. Vale lembrar que eles ganham tanto na alta quanto na baixa — o importante, no fundo, são as oscilações.

      Médio prazo: quem trabalha com compra e venda de ações a médio prazo, em geral, realiza a venda em pouco mais de um mês após a compra. Essa modalidade é chamada de swing trade, e visa acompanhar o crescimento abrupto de uma empresa.
 

      Longo prazo: os profissionais que buscam pelo longo prazo têm atenção redobrada no que tange aos fundamentos da empresa. De fato, o objetivo é virar sócio do negócio, por isso há essa preocupação com a saúde financeira dele. Quando falamos em longo prazo, não há um consenso sobre o quão longo ele é: alguns dizem que acima de 1 ano com a mesma ação é longo prazo; outros falam em 10 anos; há ainda quem diga que longo prazo são 30 anos ou mais.

Todas essas modalidades oferecem enormes ganhos, a diferença é o tempo que você vai levar para ver o dinheiro!

As oscilações na bolsa de valores e o trader

A bolsa de valores é bastante sensível a notícias, as quais conseguem facilmente alterar o preço de cada ativo catalogado na B3 (empresa que cuida da bolsa). Dessa forma, quando os resultados anuais não são satisfatórios, por exemplo, as ações da empresa da despencam.

Além disso, se algum evento que atrapalhe a atuação de determinada empresa acontece no mercado, o preço de suas ações também cai. Por outro lado, quando uma empresa conquista vitórias estratégicas, suas ações aumentam de preço.

É por isto que podemos ver oscilações fortes em um único dia na bolsa: elas dependem de vários eventos sobre os quais ninguém tem controle. Em outras palavras, são acontecimentos estocásticos.

O trader de curto prazo é o profissional que antecipa esses eventos e consegue aportar seu dinheiro de forma estratégica. Assim, quando a oscilação se concretiza, ele recolhe os frutos de seu trabalho, ou seja, alcança lucros altíssimos em poucas operações.

Esse trabalho de compra e venda também é fundamental para que as ações passem de mãos com mais facilidade — conceito denominado liquidez. Em um cenário onde existissem somente traders de longo prazo, quem iria vender as ações? Elas ficariam com o mesmo preço por vários anos a fio!

Conhecimentos necessários para traders

Um dos maiores erros que iniciantes nessa profissão podem cometer é, justamente, subestimar a dificuldade de realizar lucro. Embora seja verdade que comprar na baixa e vender na alta é o objetivo dos traders, não é tão fácil determinar esses períodos se você não possui conhecimentos adequados.

No entanto, não existe uma faculdade de formação para trader. Embora os cursos de Contabilidade, Economia, Gestão e Administração ofereçam conteúdos interessantes, não são suficientes por si só.

Um profissional completo precisa de uma formação completa: é importante entender sobre padrões gráficos, indicadores, economia básica, estar com a matemática afiada e até entender sobre a mente humana para conseguir operar com maestria.

Em geral, os iniciantes, na ganância de lucrarem valores altos já na primeira operação, chegam a vender diversos bens para aumentar o aporte. No fim, perdem tudo e dizem por aí que “a bolsa de valores é um cassino”, quando, na verdade, cometeram erros graves.

É preciso iniciar com pouco dinheiro investido, acumular conhecimentos teóricos, ao passo que opera na bolsa; só assim você vai adquirir o feeling necessário para ter sucesso.

A faixa salarial desse profissional

A faixa salarial para trader é um assunto bastante complicado. Em primeiro lugar, a maioria dos profissionais desse ramo não ganham valores fixos mensais; em segundo, os lucros dependem do valor aportado.

Só para exemplificar, vamos supor um dia bastante promissor, onde o trader conseguiu um lucro líquido (subtraindo todos os custos da operação e impostos) de 10%. Se ele aportou R$ 1.000, seu ganho no dia foi de R$ 100. Por outro lado, se aportou R$ 1.000.000, seu lucro líquido do dia foi de R$ 100.000.

Então, não há como definir uma faixa salarial, com precisão, para esse profissional. Ele pode ganhar — literalmente — entre R$ 1 e R$ 1 milhão por dia.

A única forma de ser um trader de sucesso é estudar e operar o máximo possível. Pretende seguir carreira nessa área? Aproveite os conteúdos da Trade Mental!

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp