MENU

13/05/2020 às 14h26min - Atualizada em 13/05/2020 às 14h26min

Unidade de Triagem Covid-19 em Jacarezinho já atende desde dia 23

Pacientes com sintomas respiratórios devem procurar a UBS na Vila São Pedro

Jivago França - PortalJNN
Jivago França / PortalJNN
A Unidade Básica de Saúde Dr. João Tavares de Arruda na Vila São Pedro em Jacarezinho, está com atendimento exclusivo como Unidade de Triagem Covid-19 para todo o município. Qualquer paciente que estiver com sintomas respiratórios deve procurar a UBS na rua Tancredo Neves, 140, às margens do ribeirão Ourinho, entre as ruas São Paulo e Minas Gerais.

O atendimento no local como Unidade de Triagem Covid-19 iniciou no dia 23 de abril. Segundo o secretário municipal de saúde, Marcelo Nascimento e Silva, a procura tem sido pouca e a unidade tem atendido no máximo 10 pessoas por dia, mas suporta atender mais caso haja procura. Não há limete de atendimento. Todos os casos recebidos passam por três triagens para atendimento. Outros casos não devem procurar a unidade que é referencia somente para casos respiratórios e suspeitos de Covid-19.
 
“Com o caso do Luciano [primeiro e único caso positivo em Jacarezinho até o momento], imaginamos que iria aparecer mais casos, pois começamos monitorar cerca de 160 pessoas e essas pessoas estavam por aí e tem contato com outras, mas isso felizmente não aconteceu. As que tiveram contato com ele e apresentaram sintomas, foram testadas e nenhuma positivou”, garantiu Marcelo.

O secretário explicou que toda a equipe que trabalhava na UBS que agora é unidade de triagem, foi realocada na UBS Cândida Madureira “Irmã Margarida” no bairro Dom Pedro Filipak. “Essa equipe aqui [unidade de triagem] conta com funcionários cedidos pelo estado, uma auxiliar de enfermagem do município e a médica contratada. Todos exclusivos para combate ao Covid-19”, destacou.

Marcelo explicou ainda que ao todo a equipe foi dividida em duas em forma de revezamento. Segundo ele tem uma médica responsável contratada, uma auxiliar de enfermagem do município e outros nove profissionais cedidos pelo estado que fazem o revezamento. “Todos os casos sintomáticos respiratórios devem procurar atendimento exclusivo na unidade”, disse.
 
Questionado sobre os testes rápidos, o secretário explicou que os testes rápidos são aplicados para os profissionais da saúde que fazem o combate na linha de frente, policiais e pessoas economicamente ativas, conforme protocolo estadual. “Estamos seguindo critérios do protocolo do estado. O departamento municipal de vigilância epidemiológica irá um protocolo municipal e o comitê do Covid-19 aprovou a compra de testes rápidos para abranger mais”, adiantou Marcelo. O prazo máximo para os resultados é de 48 horas, mas depende do horário de coleta, pois são enviados todos os dias as 11 horas as amostras.

O secretário municipal de saúde ainda explicou como estão os atendimentos durante a pandemia. “As consultas eletivas estão suspensas no município como no Brasil inteiro por determinação do Ministério da Saúde. Nós seguimos uma orientação do Ministério da Saúde”, explicou. Outros atendimentos estão sendo feitos nas UBS das 7h às 12 horas. Segundo Marcelo, das 12h às 13 horas uma equipe de limpeza faz a esterilização das unidades e à partir das 13 horas acontecem as vacinações.

Sintomas

É possível estar com a COVID-19 por até 14 dias antes de apresentar os sintomas, que são febre, cansaço e tosse seca. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem a necessidade de tratamentos especiais.

Em casos mais raros, ela pode ser grave e até fatal. Idosos e pessoas com outras condições médicas (como asma, diabetes e doença cardíaca) são mais vulneráveis a quadros sérios. Os sintomas mais comuns em casos de Covid-19 são tosse, febre, cansaço, coriza e dificuldade para respirar (casos mais graves).

Prevenção

Evitar aglomerações e se possível, manter a distância social e permanecer em casa, higienizar as mãos frequentemente com água e sabão ou álcool gel 70%, no mínimo por 20 segundos, ao tossir ou espirrar, usar o antebraço para proteger as vias aéreas, evitar tocar nariz, boca e olhos, não levar a mão ao rosto e boca sem antes lavá-las, procurar não compartilhar objetos de uso comum, como talheres, toalhas, garrafas, copos, celulares, fones de ouvido, óculos, etc, higienizar superfícies e objetos de uso comum com desinfetante ou álcool em gel 70% são algumas das orientações para prevenção e combate ao novo coronavírus.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp