MENU

21/12/2020 às 13h27min - Atualizada em 25/12/2020 às 00h00min

Hérnia de disco chega a atingir mais de 5 milhões de brasileiros

Atualmente, por volta de 5,4 milhões de brasileiros sofrem com a hérnia de disco, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

DINO
http://smcare.com.br

A doença, que se caracteriza pela dor aguda na região lombar ou cervical, prejudicando a mobilidade do indivíduo e deteriorando a qualidade de vida, tem se manifestado cada vez mais cedo, a partir dos 30 anos de idade. Anos atrás, a idade média para aparecimento dos primeiros sintomas era de 37 anos.

Quais os sintomas da hérnia de disco?

A hérnia de disco acontece quando um dos discos vertebrais sai da posição ideal e passa a comprimir nervos e outras estruturas sensíveis ao redor. Áreas mais expostas a cargas pesadas sofrem mais com o quadro, como a região lombar e cervical.

É comum que a hérnia cause sintomas como dormência, fraqueza e dores intensas. Nem todos os que possuem hérnia de disco, no entanto, apresentam sintomas. A evolução da doença é sempre gradual.

As hérnias são classificadas em três principais tipos: as protusões, as hérnias extrusas e as hérnias migradas, também conhecidas como sequestradas.

Qual a explicação para a hérnia de disco?

A hérnia atinge os discos que se localizam entre as vértebras da coluna. Tais discos são corpos cartilaginosos que servem para evitar o atrito doloroso entre uma vértebra e outra, servindo, portanto, para amortecer o impacto entre elas.

Quando esses discos estão desgastados ou sofrem uma ruptura, passam a comprimir os nervos nas proximidades, causando a dor.

Ainda que o desenvolvimento do quadro tenha a ver com fatores comportamentais, como o excesso de peso, o sedentarismo ou o costume de carregar cargas pesadas, as predisposições genéticas também influenciam consideravelmente as chances de que um indivíduo possa desenvolver a hérnia de disco.

Qual o tratamento para a hérnia de disco?

Para que seja tratada, a condição precisa ser diagnosticada por médicos especializados. Além do relato do paciente, esse processo pode ser realizado por meio de exames de imagem.

Uma vez efetivamente identificada como a causa das dores, o tratamento da hérnia de disco pode ser iniciado. Uma das principais indicações médicas para acompanhar e tratar a hérnia de disco é a fisioterapia e o repouso.

Como a fisioterapia pode ajudar na hérnia de disco?

Os exercícios performados na fisioterapia, desde que supervisionados por profissionais preparados, podem ajudar a desenvolver a musculatura em torno da coluna cervical, diminuindo a pressão sobre os discos de apoio.

Além disso, a fisioterapia contribui para que o paciente melhore a postura, evitando que danos maiores ocorram. Por isso, aqueles que sofrem com a hérnia de disco devem procurar orientação médica para entender os tipos de tratamento que melhor se aplicam a cada caso.

É importante notar que apenas 10% dos casos precisam de intervenção cirúrgica. A fisioterapia segue como o principal método de tratamento em clínicas de fisioterapia em São Paulo, Rio de Janeiro e também em todo o Brasil



Website: http://smcare.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp