MENU

08/01/2021 às 16h08min - Atualizada em 08/01/2021 às 16h08min

Último sobrevivente do acidente em Taguaí deixa a UTI

Informação foi divulgada no início da semana pelo Hospital das Clínicas de Botucatu.

Portal 014
Reprodução/TV Tem
Um paciente de 26 anos – o último sobrevivente do acidente que vitimou 42 pessoas no fim do ano passado, entre as cidades de Taguaí e Taquarituba – deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi transferido para a enfermaria do Hospital das Clínicas da Unesp, em Botucatu. A informação foi divulgada pela própria instituição, ainda na segunda-feira (4).

De acordo com informações replicadas pelo G1, a situação do paciente é estável. Ele foi resgatado do ônibus que bateu em um caminhão, na manhã do dia 25 de novembro.

No início do mês passado, outro passageiro do ônibus também havia deixado a UTI. Ele foi transferido para a enfermaria do Hospital das Clínicas de Botucatu.

As vítimas fazem parte de um grupo que ia todos os dias de ônibus para o trabalho. A batida ocorreu em um trecho de curva conhecido como Serra dos Gobbo, na altura do quilômetro 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249). O ônibus, que levava trabalhadores do setor têxtil de Itaí e Taquarituba para Taguaí, chocou-se com uma carreta que vinha na direção contrária.

A colisão entre os dois veículos foi considerada um dos piores acidentes automobilísticos do país e o pior registrado no estado de São Paulo em 22 anos. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp