MENU

20/05/2020 às 14h37min - Atualizada em 20/05/2020 às 14h37min

​Sem autorização, Flamengo é flagrado treinando com bola no Rio

Prefeitura havia dito que apenas os trabalhos de fisioterapia estavam liberados

Goal
Alexandre Vidal / Flamengo
A polêmica sobre a volta aos treinos do Flamengo em meio a pandemia do coronavírus continua. Depois de realizarem avaliações físicas na última terça-feira (19), os jogadores voltaram ao Ninho do Urubu nesta quarta (20) e foram flagrados, em imagens áreas feitas pelo Globoesporte, treinando em dois campos do CT. As atividades não foram autorizadas e nem mesmo comunicadas à prefeitura do Rio de Janeiro. 

Na terça, o prefeito Marcelo Crivella havia dito que apenas a volta da fisioterapia estava liberada para os clubes da capital. Além disso, o mandatário revelou que entraria em contato com a diretoria para entender o que tinha acontecido. 

Em contato com a reportagem da Goal, a assessoria da Prefeitura informou que:

"Houve uma reunião de presidentes de alguns clubes de futebol, entre eles o do Flamengo, com o gabinete de crise da Prefeitura e a comunidade médico-científica que assessora o município e não houve unanimidade para o retorno aos treinos. Portanto, esse tipo de atividade não poderia ocorrer. 
Na reunião ficou definido, apenas, que os atletas que estavam parados e necessitam de tratamento poderiam voltar à fisioterapia. Também foi debatido um caderno de encargos para o retorno, mas somente após situação da pandemia melhorar na cidade.
A Secretária Municipal de Saúde, Beatriz Busch, vai fazer contato com o clube e verificar a situação, informando sobre o impedimento para treinos"

No mesmo dia, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, acompanhado do chefe do departamento médico do clube, Márcio Tannure, estiverem em um almoço com o presidente Jair Bolsonaro debatendo a volta dos treinos e jogos. Conforme trouxe a reportagem da Goal, foi solicitado que o Ministério da Saúde elabore um protocolo para a volta dos jogos e a possibilidade dos clubes deslocarem seus elencos e comissões para treinarem em Brasília, por conta do veto na cidade do Rio.

Apesar de garantir que esperava o aval das autoridades para a volta dos treinos, o Flamengo realizou, pelo segundo dia consecutivo, atividades no seu centro de treinamentos. O clube, conforme já havia trazido a reportagem da Goal, se vê protegido juridicamente quanto ao retorno das atividades, mas ainda não se pronunciou oficialmente sobre a situação. 

Fla: na 'briga' pela volta aos treinos
Não é de hoje que o Flamengo busca a volta dos treinos. No início do mês, o Rubro-Negro assinou um documento junto à FERJ e outros clubes do Rio visando o retorno dos treinos. Das equipes que disputam o Campeonato Carioca, apenas Botafogo e Fluminense não assinaram. 

O clube foi também um dos primeiros a elaborar um protocolo de segurança, encomendou mais de 600 testes e já fez duas levas de exames em seus funcionários e jogadores. Além disso, importou uma máquina, que deve chegar no início de junho, para realizar a desinfecção antes de cada atleta ou funcionário entrarem no centro de treinamento. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp