MENU

21/05/2020 às 10h44min - Atualizada em 21/05/2020 às 10h44min

Jacarezinho institui Dia Municipal da Esclerose Múltipla

Data tem como objetivo maior garantir aos portadores mais direitos dentro da municipalidade

Augusto de Mello Tiburcio
Divulgação
A Câmara Municipal de Jacarezinho por meio do vereador Nilton Stein, elaborador do projeto, aprovou nessa segunda-feira (18) o Projeto de Lei do Legislativo nº 9/2020, que institui o Dia Municipal da Esclerose Múltipla no município de Jacarezinho. A data comemorativa se dará no dia 30 de Agosto de cada ano, seguindo assim do dia da Conscientização Nacional, o Agosto Laranja.

A Lei nº 3.777/2020, sancionada e publicada pelo prefeito Sérgio Eduardo Emygdio de Faria "Dr. Sérgio", no Diário Oficial do Município no dia 20 de Maio tem como objetivo maior garantir aos portadores mais direitos dentro da municipalidade, direitos como: atendimento preferencial e vaga em estacionamento preferencial. 

Garante também que no mês de agosto possa ser feito um trabalho de conscientização, sendo: palestras, debates, aulas e seminários que contribuam para a conscientização e divulgação de informações acerca da doença.

Um pouco sobre a Esclerose Múltipla

A Esclerose Múltipla (E.M.) é uma doença crônica autoimune não contagiosa do sistema nervoso central (SNC), que afeta a bainha de mielina, capa de gordura que reveste o neurônio, mais especificamente o axônio.

Muito pelo contrário do que se pensa, sua maior incidência está em pessoas jovens, na faixa etária entre 20 e 40 anos podendo deixar sequelas para uma vida toda, fazendo com que a pessoa adquira uma deficiência física que não tenha nascido junto com ela.

Seu Diagnóstico é feito pelo neurologista através de uma série de exames, após a pessoa apresentar um surto (crise), sendo o mais importante a ressonância magnética, onde se constatam as lesões nos neurônios.

Não existe prevenção para a EM, no entanto, o diagnóstico precoce, juntamente ao tratamento adequado e atividade física, faz com que o paciente portador leve sua vida normalmente, dentro das suas possibilidades e limitações.


Assim sendo, a EM se manifesta sob três formas distintas:

01) Esclerose Múltipla Remitente-Recorrente: Sendo a mais comum forma da doença, cerca de 85% dos casos, é caracterizada por Surto-remissão, ou seja, os sintomas acontecem refletindo em alguma parte do corpo por um período de tempo, que pode levar dias ou meses, e voltam ao normal, deixando ou não sequelas nos portadores. Os surtos podem ficar anos sem acontecer, período chamado de remissão.

02) Esclerose Múltipla Primária-Progressiva: Uma forma mais evoluída, onde os surtos acontecem com pouco ou sem remissão, fazendo com que os portadores venham perdendo suas capacidades ao longo dos anos a partir do aparecimento da doença.

03) Esclerose Múltipla Secundária-Progressiva: Forma que faz os pacientes evoluírem de forma remitente-recorrente e irem piorando lenta e progressivamente.


Augusto de Mello Tiburcio
Portador de Esclerose Múltipla desde 2017
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp