MENU

29/01/2021 às 17h14min - Atualizada em 31/01/2021 às 00h00min

Chegam ao mercado brasileiro os novos painéis solares bifaciais que podem gerar até 25% a mais de energia

O grande diferencial do novo painel é a geração de energia tanto na parte frontal quanto na parte traseira. Tem custo próximo aos modelos da geração anterior e apresenta mais eficiência, potência e tamanho reduzido

DINO
https://www.aldo.com.br

Em 2020, a geração de energia solar dobrou sua capacidade instalada no país, com R$ 13 bilhões em investimentos. A expectativa é repetir o feito também em 2021. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar), em 2020 a capacidade instalada saltou de 4,6 gigawatts (GW) para 7,5 GW, puxada por um aumento de 2,2 GW só da chamada geração distribuída – a partir de sistemas instalados em telhados, fachadas de edifícios e pequenos terrenos.

Desde 2012 a energia solar teve seu preço reduzido em 80%, de US$ 100 o megawatt-hora para cerca de US$ 20. O preço fica abaixo do custo de todas as outras fontes, com exceção da geração eólica.

E para trazer as mais recentes inovações para o mercado solar, a Aldo, líder em soluções para a geração de energia solar no país, apresenta o novo Painel Solar Jinko Bifacial 410W, voltado para geração distribuída e que pode gerar até 25% a mais de energia. 

Em novembro de 2020, a empresa já havia lançado o Painel Solar Tiger Pro 440W da Jinko, o primeiro painel de 60 células comercializado fora da China.

A pré-venda dos painéis bifaciais começou em dezembro e agora estão disponíveis na Aldo para pronta entrega em todo o território nacional. O grande diferencial do Painel Solar Jinko Bifacial 410W é que ele pode gerar energia tanto na parte frontal quanto na parte traseira, diminuindo efetivamente o LCOE (custo nivelado de energia) de um sistema fotovoltaico.

De acordo com Gustavo Silva, Technical Services Manager da Jinko Solar, “mais uma vez a Aldo Solar demonstra o seu pioneirismo no mercado brasileiro, sendo o primeiro distribuidor a vender os módulos bifaciais da Jinko no país. Os módulos bifaciais, como é o caso do módulo bifacial de 410 watts da Jinko, vão se tornar cada vez mais comuns nos sistemas solares devido a sua grande gama de aplicação e sua maior geração de energia, dependendo do albedo. A Aldo Solar sempre contribui para a inovação e desenvolvimento da geração distribuída no Brasil, trazendo cada vez mais tecnologias para os nossos sistemas”, explica.

“Estamos bastante animados com o lançamento do Painel Solar Jinko Bifacial 410W no Brasil.  Junto à disponibilidade do Painel Solar Tiger Pro 440W trarão ainda mais inovação para o mercado premium brasileiro e devem fomentar ainda mais o crescimento tão almejado pelo setor. Ambos os painéis têm custo próximo aos modelos da geração anterior, mas são mais eficientes, com maior potência e tamanho bastante reduzido, o que deve baratear custos com frete internacional e doméstico, com mais Watt-pico no mesmo container ou no mesmo palete”, avalia Aldo Pereira Teixeira, fundador e CEO da Aldo Solar.

Geração de até 25% a mais de energia

O sistema utiliza as tecnologias Half Cell que melhoram a tolerância ao sombreamento e reduz a temperatura de trabalho do módulo gerando mais energia e conta com a MBB (multibusbar), tecnologia que diminui a perda de potência efetiva. 

O equipamento tem uma combinação de células bifaciais de alta eficiência e encapsulamento de vidro de dupla face. Além disso, o painel tem célula solar com 9 barramentos, o que melhora sensivelmente a eficiência dos módulos solares, e pode ser instalado em solo, laje e garagem solar.

Esses módulos podem gerar até 25% a mais de energia pela parte traseira do painel. Também podem ser instalados tanto em telhados quanto em estruturas fixas de solo. Assim, possibilitam o ganho de geração, dependendo do tipo de telhado ou do solo utilizado. Por exemplo no gramado, ele pode ter até 7% a mais de ganho de energia e no cimento e na areia, 10% a mais.

O painel tem garantia física de 12 anos, uma garantia linear de 85% de eficiência aos 30 anos de vida. É um equipamento com bom desempenho em ambientes de pouca iluminação - período da manhã, períodos de chuva e nublado. A potência do módulo aumenta de 5 a 25%, devido à tecnologia bifacial, ou seja, por condição reflexiva.

Um outro diferencial do produto é oferecer um potencial ganho logístico, uma vez que os painéis têm apenas 30 mm de espessura, o que possibilita a otimização no momento do transporte: é possível transportar até 35 painéis por pallet.  

O novo painel tem seu desempenho aprovado pelo INMETRO e está em conformidade com o programa Brasileiro de etiquetagem. N° Registro: 000696/2020. Além de possuir o certificado de fábrica ISO9001:2015, ISO14001:2015, ISO45001:2018 e produtos com certificação IEC61215, IEC61730.

Mais informações: https://www.aldo.com.br

 



Website: https://www.aldo.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp