MENU

18/02/2021 às 16h06min - Atualizada em 18/02/2021 às 16h06min

​Último policial ainda internado após explosão em Fartura recebe alta

Adriano Donizeti Modesto estava sendo tratado no Hospital Padre Albino, na cidade de Catanduva (SP).

Portal 014
Divulgação
O último policial militar que ainda estava internado em decorrência da explosão que ocorreu em uma residência na cidade de Fartura, no início do mês de janeiro, recebeu alta hospitalar nesta semana.

Adriano Donizeti Modesto estava internado na unidade médica especializada em tratamento de queimaduras do Hospital Padre Albino, na cidade de Catanduva. Ele e outros cinco policiais estavam na ocorrência em que um homem ameaçava tirar a própria vida, abrindo botijões de gás pela casa.

O responsável pela explosão, Eric Lovison, está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César.

Ainda no mês de janeiro, o comandante interino do 30º Batalhão de Polícia Militar do Interior, Eduardo Ceneviva Berardo, agradeceu o atendimento dispensado pelo hospital catanduvense ao PM ferido. Na ocasião, o resgate contou com auxílio do helicóptero Águia.

“[No Aeroclube de Catanduva] já se encontravam os profissionais de saúde que, com extrema dedicação e profissionalismo, concluíram a remoção do paciente ao hospital”, comentou.

Explosão
No início da madrugada do dia 5 de janeiro, o morador de Fartura Eric Lovison explodiu a casa em que morava com a esposa e também dois filhos, localizada na Rua das Figueiras, no bairro Jardim da Serra, região norte da cidade.

A mulher dele e as crianças não estavam na residência no momento em que ocorreu a explosão. Segundo postagens realizadas no Facebook e mensagens trocadas com pessoas próximas pelo aplicativo WhatsApp, Eric ameaçava se matar e ainda filmar a morte, por motivos de ciúme da companheira.

Policiais que atendiam o chamado de tentativa de homicídio foram até o local e chamaram pelo morador, mas ninguém atendeu. Quando seis agentes entraram no imóvel para verificar o paradeiro de Eric, a explosão ocorreu – pelo menos três dos policiais ficaram em estado grave.

Com a autorização da esposa, os policiais entraram na residência e o homem acendeu algum fogo, ocorrendo a explosão. O morador fugiu para o quintal e não ficou gravemente ferido na ocasião, segundo os policiais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp