MENU

24/02/2021 às 09h21min - Atualizada em 24/02/2021 às 09h21min

​Surto de Covid-19 causa transtornos nos primeiros dias de gestão de Bonato

Prefeitura chegou a cogitar fechar a repartição pública devido ao grande número de profissionais positivados ou em isolamento

Tribuna do Vale
Tribuna do Vale
A Prefeitura de Ribeirão Claro tem enfrentado dificuldades neste início de gestão para colocar em prática alguns projetos no município. O Executivo passou o mês de janeiro com uma quantidade significativa de funcionários afastados que testaram positivos para Covid-19, e outros que se mantiveram em isolamento por apresentarem síndromes gripais.

Com isso, parte dos serviços programados para os meses de janeiro e fevereiro se encontram em atraso em virtude desse imprevisto na saúde pública da cidade.  A prefeitura chegou a cogitar fechar o prédio administrativo devido ao grande número de profissionais positivados ou em isolamento.  

Entre os casos positivos, estiveram o prefeito João Carlos Bonato, que precisou ser hospitalizado para tratamento, o secretário Municipal de Administração e Finanças Fábio de Lucca, o chefe de gabinete Henrique Mio, o chefe da Divisão de Praças, Parques, Jardins e Viveiro de Mudas, Mateus Francisco, a secretária Municipal de Assistência Social, Elisângela Paschoal Bonato, o secretário Municipal de Turismo e Meio Ambiente, Rômulo Ribeiro Santana, o responsável pelo Departamento de Recursos Computacionais, Luiz Henrique Amadeu, e além de outros quatro funcionários positivos. Os demais servidores que estiveram em contato com estes positivados e apresentaram síndromes gripais também se mantiveram em isolamento domiciliar aguardando os resultados dos testes.

A prefeitura reitera que está fazendo o que consegue na medida do possível. Afinal, ainda é um curto período de gestão para resolver todos os problemas encontrados no Executivo. Já foram realizadas as compras de duas bombas d’água para serem usadas em caráter emergencial no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), foi providenciada a limpeza e roçagem da cidade, adequações nas repartições públicas, ampliação de atendimentos especializados a mulher na Saúde e muito mais.

“Estamos enfrentando bastante dificuldades para atender todas as demandas. A frota do município está sucateada, operando somente com uma patrola, a cidade estava extremamente suja, ruas esburacadas, escolas em má conservação, problemas na iluminação pública, contratos vencidos e quase três mil pessoas em listas de espera por exames na Saúde, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) endividado, além de outros problemas. Mas assumimos o compromisso com o povo, e vamos cumprir, porém a pandemia vem nos prejudicando. Por isso, pedimos a compreensão da população neste momento”, detalha o prefeito Bonato.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp