MENU

26/02/2021 às 12h38min - Atualizada em 26/02/2021 às 12h38min

​Governo já enviou doses da vacina contra a Covid-19 para imunizar 100% dos idosos previstos na primeira etapa

Também foram enviadas doses para vacinar 100% dos indígenas que fazem parte do primeiro grupo-alvo da campanha

Assessoria GOV
Tânia Rêgo / Agência Brasil
O Ministério da Saúde já enviou as doses necessárias para a imunização de 100% dos idosos de 60 anos ou mais institucionalizados e demais idosos acima de 90 anos contra a Covid-19. A última entrega ocorreu no início do mês de fevereiro para imunizar aproximadamente 895 mil idosos. A próxima etapa de vacinação será voltada para o grupo prioritário com idade entre 80 e 89 anos e trabalhadores de saúde.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Francieli Fontana, explica que foram priorizados idosos acima de 90 anos a partir dos indicadores de internações. “Os idosos acima de 90 anos possuem um sobrerisco de 8,5 vezes maior de hospitalização e de 18,3 vezes mais óbitos quando comparado a idades anteriores. Por isso, o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 orienta que este grupo seja priorizado”, destacou Francieli.

A coordenadora afirma que o próximo grupo prioritário a ser atendido, conforme orientação do PNI, será composto por 100% dos idosos com idade de 85 a 89 anos e 24% dos idosos de 80 a 84 anos; além de 8% dos trabalhadores da saúde ainda não atendidos. “O andamento da campanha ocorre conforme o cronograma de entrega dos laboratórios produtores", ressaltou Francieli.

O Ministério da Saúde já iniciou a distribuição de mais 3,2 milhões de doses de vacinas para ampliar a vacinação no Brasil entre o fim de fevereiro e o início de março. Todos os estados e o Distrito Federal começam a receber 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, importadas da Índia, e 1,2 milhão de doses do imunizante do Instituto Butantan. As doses são enviadas pelo Ministério da Saúde aos estados, que são responsáveis pela distribuição aos municípios para que organizem a estratégia de aplicação das vacinas.

Vacinação de indígenas
O Ministério da Saúde também enviou doses para vacinar 100% dos indígenas acima de 18 anos que vivem em terras indígenas, atendidos pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena do Sistema Único de Saúde (SASISUS) e especificidades da ADPF 709. A estimativa é vacinar cerca de 413 mil indígenas neste primeiro momento.

As especificidades da ADPF incluem todas as Terras e Reservas Indígenas que estejam em qualquer fase de Estudos a Homologação do processo administrativo de demarcação da Fundação Nacional do Índio (Funai).

A priorização da população indígena justifica-se por critérios epidemiológicos, modo de vida coletivo e dificuldades geográficas para acesso aos serviços de saúde, sendo necessário que a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) percorra longas distâncias por vias fluvial, terrestre e aérea para atender a essa população.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp