MENU

26/02/2021 às 18h54min - Atualizada em 27/02/2021 às 00h00min

Por que a gamificação é tendência em treinamentos corporativos?

*Felipe dos Santos, CEO da Play2Sell

SALA DA NOTÍCIA Nicolas Adão

Ao longo das últimas décadas, a vida corporativa ficou mais competitiva, dinâmica, estratégica e passou a exigir cada vez mais profissionais de alta performance. À medida em que a tecnologia cresceu e ganhou espaço, gestores e líderes entenderam a necessidade de buscar alternativas didáticas e interativas para auxiliar na formação de equipes como parte de seu treinamento para gestores, executivos e profissionais de variadas áreas.

Desde então, essa busca por conhecimento, a fim de se diferenciar dos concorrentes, atraiu investimentos em plataformas e trouxe ao mercado uma tendência que une o mundo dos games à realidade de empresas. A gamificação (gamification, do inglês) é a aplicação de dinâmicas de jogos digitais à situações do cotidiano da empresa, cujo objetivo vai além da diversão. De acordo com estudo realizado pela P&S Market Research a expectativa é de que o faturamento do setor ultrapasse $22 bilhões de dólares até 2022.

Para ficar mais claro o porquê a gamificação ganhou espaço e se fortaleceu no mundo corporativo, é importante ressaltar que um dos principais objetivos identificados por empresas é melhorar processos, o aprendizado dos colaboradores e promover a participação voluntária da equipe. Indo além do entretenimento e diversão, a gamificação é o caminho mais didático e de fácil compreensão para transformar comportamentos, engajar o time e despertar características da vida humana no ambiente de trabalho como: competitividade e cooperação.

Através da evolução dos desafios e sistemas de pontuação, similar aos jogos de videogame, o colaborador desenvolve melhor questões comportamentais e funções cognitivas. Desta forma o cérebro consegue assimilar com mais clareza o conhecimento, armazenando  informações por mais tempo.

Provando ser mais do que uma tendência passageira, a gamificação mostrou-se de extrema importância para o mercado e um excelente método para motivar vendedores e clientes, tornando a jornada e experiência mais interessante. Tamanha relevância conquistou grandes empresas, que incorporaram à sua estratégia comercial e modelo de gestão e negócios o método baseado em games e recompensas, a fim de tornar membros de sua equipe verdadeiros embaixadores da marca, que possam compartilhar com propriedade a cultura, visão e missão da empresa.

Entretanto, para que funcione e traga retorno à companhia, é necessário dedicação, planejamento e tempo. Ações que definem desde o público-alvo até o processo que será gamificado. Quando bem estruturada e executada corretamente, a gamificação traz uma série de benefícios, como funcionários mais engajados e motivados, o que reflete diretamente no relacionamento com o cliente e crescimento da empresa.

Por fim, a gamificação veio para ficar e está revolucionando o mercado - quebrando barreiras e ampliando o seu alcance aos mais variados setores como: imobiliário, financeiro, educacional, industrial, o de saúde e etc. Em linhas gerais, a estratégia de “gamificar” processos e incorporar à treinamentos corporativos, beneficia todo um ecossistema, impactando positivamente a empresa, o funcionário e os clientes.

*Felipe dos Santos é formado em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e atualmente é CEO e sócio-fundador da Play2Sell - plataforma especializada no treinamento de vendedores por meio de games no Brasil.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp