MENU

26/02/2021 às 17h34min - Atualizada em 28/02/2021 às 00h10min

Com “estreia” no Carnaval adiada rainha de bateria da Em Cima da Hora conta como está segurando a ansiedade para 2022

Tania Daley vive nos Estados Unidos e será a primeira latina à frente de uma bateria de escola de samba

SALA DA NOTÍCIA JOICE HURTADO RODRIGUES
 O Carnaval de 2021 seria um marco para Tania Daley. Nicaraguense radicada nos Estados Unidos, a campeã mundial de salsa e apaixonada pela “batucada” brasileira, – termo que se usa para designar baterias de escolas de samba em espanhol – iria estrear este ano como rainha da bateria da escola de samba Em Cima da Hora mas, por conta do cancelamento dos desfiles deste ano em virtude da pandemia da COVID19, terá que segurar ainda mais a ansiedade para pisar na avenida como majestade dos ritmistas da azul e branca do bairro de Cavalcante.
“ Estamos vivendo um momento delicado, mas a decisão do prefeito do Rio de Janeiro foi muito acertada. O Carnaval é a maior festa cultural do Brasil, todos querem participar e, sem a vacina, isto seria impossível. A primeira vez que desfilei foi em 2020 e quase explodi de tanta emoção, imaginem na frente da bateria, acho que será algo realmente fantástico”, comenta a rainha de bateria que vem mantendo contato com os mestres Átila e Wando regularmente pela internet.
O trio, mesmo à distância, já vem arquitetando novidades para a estreia de Tania como rainha de bateria. “ Não a conhecemos fisicamente, mas já somos amigos de fato, pois nos falamos por vídeo pelo menos uma vez por semana nos ensaios da bateria. Os ritmistas e a diretoria da bateria e da escola estão encantados com a presença constante dela, mesmo que seja virtual, ela faz questão de participar e de interagir. Quando vimos um vídeo dela sambando, achamos até que ela era brasileira”, diz mestre Átila sobre Tania.
Para fazer bonito na Sapucaí, a rainha de bateria promete que intensificará a preparação que inclui aulas de conversação em português e de tamborim. “ Quero estar com o português fluente para interagir ainda melhor com todos da escola e espero que este seja um namoro de muitos anos. A maneira como a Em Cima da Hora vem me acolhendo, mesmo eu aqui de longe ( ela mora nos Estados Unidos), vem me deixando cada vez mais apaixonada”, comenta.
Sobre o “carnaval”, Tania diz que não irá deixar passar em branco. “ Sou fissurada nessa festa e vou passar esses dias assistindo pelo Youtube os desfiles antigos e, lógico, praticando meu samba no pé”, finaliza.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp