MENU

02/03/2021 às 14h42min - Atualizada em 03/03/2021 às 00h00min

Pré-pagos: como as recargas podem ajudar na retomada econômica do Brasil

Por Luis Fernando de Carvalho, Chief Product Officer da RV Digital

SALA DA NOTÍCIA PLANIN
https://www.rvtecnologia.com.br/
Pedir comida, carona, jogar on-line com os amigos ou assistir um filme em família. Você já deve ter notado que a lista de serviços digitais não para de crescer, não é? Mas, como a maioria desses serviços digitais iniciaram suas vendas através de cartão de crédito e contratos, para uma boa parcela da nossa população ter acesso a essas ferramentas ainda não é tão simples assim. Ou pelo menos não era. Afinal de contas, é justamente neste ponto que uma solução bastante simples tem sido fundamental para ajudar a mudar a realidade de milhões de brasileiros: a venda de recargas pré-pagas.
De maneira prática, estamos falando da venda de créditos para que os clientes possam usar serviços on-line dentro de um determinado tempo ou quantidade de uso. Em outras palavras, é o mesmo que as recargas de celular já entregam há tempos, mas agora oferecida para uso em uma gama cada vez mais ampla de serviços - e que podem ser pagas em dinheiro ou cartão nas lojas, mercados e comércios em geral.
O grande diferencial dessa modalidade, portanto, é permitir que pessoas que não estão utilizando os serviços digitais tenham, agora, uma forma de acesso a todas as plataformas que, hoje, estão impactando nossas vidas. Isso se torna ainda mais relevante, no caso, ao nos lembrarmos de que, segundo dados do IBGE, um em cada três brasileiros não possuem uma conta bancária ativa - o estudo diz que 45 milhões de brasileiros vivem essa situação, movimentando cerca de R$ 800 bilhões anualmente -, e de que o Brasil segue sendo extremamente dependente do dinheiro em espécie. Pesquisas feita pelo Instituto Locomotiva indicam que mais de 70% dos consumidores em nosso País ainda preferem pagar suas compras em dinheiro.
A venda de recargas, nesse contexto, não traz benefícios apenas para permitir o engajamento de quem é desbancarizado ou de quem ainda não faz compras na web. Muito pelo contrário. Em um mundo ainda sob impacto direto das mudanças impostas pela pandemia do coronavírus, a compra de serviços pré-pagos tem sido um caminho, por exemplo, para que muitas pessoas possam seguir consumindo, sem sobrecarregar seus orçamentos com gastos além do permitido.
Outro impacto extremamente valioso é a geração de uma opção de negócio altamente relevante para comerciantes e empreendedores em estabelecimentos dos mais diversos tamanhos e regiões. A partir da venda de recargas, esses comerciantes podem ampliar suas vendas, agregando ainda mais valor para seus clientes e consequentemente aumentando seus lucros e sua cesta de produtos e serviços sem precisar ocupar espaço de estoque.
Desse modo, é justo dizer que o avanço das soluções de recargas é um importante aliado para a retomada econômica do País, dando vazão às inovações, atraindo novos consumidores para a realidade de vendas das companhias e, ao mesmo tempo, apresentando uma oportunidade para incrementar a rentabilidade de pequenos comércios espalhados pelo Brasil afora.
Indiretamente, também podemos dizer que o avanço do mercado de recargas representa uma chance de levar a transformação digital mais longe, capilarizando o consumo em áreas que até pouco tempo atrás estavam fora da bolha de consumo relativo a diversas dessas soluções. Com as vendas na modalidade de pré-pago e a ampliação da tecnologia de acesso à internet móvel, é de se esperar que as empresas aumentem seu contingente de compradores pelo interior, indo além dos centros urbanos mais frequentes.
Toda essa jornada, portanto, diz respeito a uma maior capacidade de inclusão e igualdade social. Ao permitir mais consumo, as recargas ajudam a estimular o acesso à informação, à arte, às compras e à universalização de novas experiências. Estamos falando de um avanço incontornável e que não pode ser negligenciado ou tampouco desestimulado. Ao contrário. Sairá na frente quem conseguir entender que as recargas são vitais para consolidar receitas e aumentar a exposição das marcas, conquistando mais público e oportunidades. Para isso, porém, nada é mais importante do que dar o primeiro passo nesse caminho.


Planin – Assessoria de Comunicação e de Imprensa da RV Digital
Angélica Consiglio, André Geniselli e equipe
Contatos: Nathália Santos e Ana Flávia Richter
E-mail: rvdigital@planin.com - Tel.: (11) 99451-7170
www.planin.com – (11) 2138-8919

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp