MENU

06/03/2021 às 11h41min - Atualizada em 08/03/2021 às 00h00min

Saiba como investir em imóveis com apenas 11 reais.

MXRF11 é um fundo imobiliário tem que suas cotas com preço super acessível

SALA DA NOTÍCIA Marcilio Lima

Maxi Renda FII (MXRF11)

gerenciado pela XP mirada Asset Management Ltda e injetado pela BTG Pactual preceitos Financeiros, o Maxi Fundo de Investimento Imobiliário (conheça outros fundos no site analisedeacoes.com) atua de forma híbrida sobre o mercado imobiliário. Sua estratégia possui ênfase, predominantemente, na aquisição de eminências de dívida imobiliária, ou seja, títulos de renda fixa, sobre uma estratégia de supervisão ativa.

Entretanto, o MXRF11 também possui participações em imóveis, através de permutas imobiliárias, e em outros patentes imobiliários (FIIs) através do consentimento de suas cotas. Consequentemente, os resultados gerados foram distribuídos para os cotistas numa proporção de 95%.

Adicionalmente, o MXRF11 é discordante como um fundo fechado, no qual não é nobre resgatar as cotas, exposto pode-se negociá-las na vastidão de mercado secundário da B3 (B3SA3). Logo, ao vender suas cotas, o investidor recebe sobejo de outro comprador, e não égide removidos do patrimônio do fundo. Além disso, a alma desfruta um prazo impreciso de duração, alinhado à alta Duration (prazo dos títulos) dos atestados de renda fixa que possui, evidenciando um investimento destacado no longo prazo.

O procedimento do MXRF11

Através de um medida de controle ativa, o Maxi FII objetiva gerar montas através de aquisição de obras de renda fixa lastreados em dívida imobiliária como, por exemplo, CRIs, Debêntures, LCIs, LHs, cotas de garfo FIIs (renda variável), por meio de outros. Assim como até atua na geração de construções através de ativos imobiliários propriamente ditos. Logo, nota-se que o fundo demora em um segmento híbrido, no qual atua em heterogêneos frentes do mercado imobiliário através de sua controle ativa.

Entretanto, os resultados do MXRF11 advêm, majoritariamente, de seus esforços em CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários), uma vez que o embaraçado objetiva a alocação de 80% de seu patrimônio líquido em CRIs. A lista do MXRF11 referente aos CRIs inclina-se na aquisição de inventos de pagadores confiáveis (em prol de aliviar o risco de crédito), alinhada a uma influência ganho de capital em tais títulos.

Dessa forma, mais de 50% dos CRIs são gratos com base na taxa CDI acrescida de uma taxa pré-fixada, em seguida mais de 30% dos CRIs são indexados ao IPCA acrescido de uma taxa pré-fixada, sendo parte minoritária das denominações indexados ao IGP-M, Pré-fixado ou em porcentagem do CDI. Logo, nota-se que a supervisão do fundo objetiva contaminar-me títulos que ofereçam uma avaliação real, acima dos guias de inflação.

Além disso, grande parte dos termos em posse do embaraçado (mais de 50%) possuem vencimento a partir de 2028, o que possibilita a pleito de multiplicação dos bens no duradouro prazo, entre eles de aproveitar de quantidades de benefício mais eminentes por períodos estendidos.

Adicionalmente, o MXRF11 desfruta interpretações em ativos imobiliários bem ditos, através de ajustes imobiliárias, e em remanescente FIIs, através do conhecimento de suas cotas. Logo, o Fundo possui favor em mais de 20 mudas imobiliárias, nas quais predomina a remuneração pelo INCC (Índice Nacional de Construção Cívil).

Enquanto que, ao acordar de participações em demasia FIIs, o Fundo detém cotas e aufere discernimento dos seguintes FIIs:
Por meio de uma defluência tão diversificada, o MXRF11 encontra-se igualmente diversificado em sua retidão em diferentes setores da economia. Destacam-se o setor Residencial, de Shoppings, Alimentício, Saúde, Químicos, entre outros. Tal forma ocorre tanto em incivilidade dos emissores dos CRIs, geradores da maior centro do resultado do Fundo, quanto em virtude das mudas imobiliárias e participação em demasia Fundos Imobiliários. Dessa maneira, cabe destacar que, com uma parede de entrada baixa (valor da cota pouco tico a R$10), o investidor obtém acesso a um encoberto de gestão ativa, volumoso em diversos setores e com uma discussão relativamente conservadora, ao voltar parte majoritária da derivação advinda de títulos de habilidade fixa (CRIs e outros).

Taxas do MXRF11

No MXRF11, mistura apenas a Taxa de decrescimento dos recursos do fundo. A Taxa de controle incidente é de 0,9% ao ano, com uma petição mínima de R$60.000 mensais.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp