MENU

15/03/2021 às 23h38min - Atualizada em 15/03/2021 às 23h38min

​Jacarezinho adota protocolo de tratamento precoce para suspeitos de Covid-19

"Uma das medidas já é entrar com essa medicação inicial tratando qualquer sintoma como possibilidade de Covid", declarou secretário de saúde

Jivago França - PortalJNN
Reprodução
A cidade de Jacarezinho adotou à partir desta segunda-feira (15) o protocolo de tratamento precoce para pacicentes com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). A confirmação do novo protocolo foi feita pelo prefeito municipal Marcelo Palhares e pelo secretário municipal de saúde, João Lucas Thabet Venturini.

Segundo o próprio prefeito afirma, a equipe está vendo e revendo medidas contra o Covid-19. "Agora vamos entrar com medicamentos à partir do momento em que a pessoa for no posto sentinela e tiver desconfortável pensando que poderia ser ou não Covid, nós já vamos entrar com medicamento, pra que, para atuar e não ficar pior em caso de Covid (SIC)", declarou o prefeito Marcelo Palhares em vídeo divulgado pela prefeitura.

O secretário municipal de saúde, João Lucas Thabet Venturini destacou a necessidade de diminuição de internações. "Nós entendemos que precisamos reduzir o número de internações hospitalar. Essas pessoas tem agravado muito essa situação e uma das medidas já é entrar com essa medicação inicial tratando qualquer sintoma como possibilidade de Covid, por isso nós estruturamos os nossos farmacêuticos e médicos do sentinela a esse protocolo de atendimento (SIC)", esclareceu Venturini.

"Jacarezinho atuando e dando medicamento para todo mundo", finalizou o prefeito Marcelo Palhares. O vídeo divulgado por volta das 21h desta segunda-feira (15) na página da prefeitura no Facebook é curto e não esclarece exatamente quais medicamentos serão utilizados neste protocolo de tratamento precoce. Assista ao vídeo logo abaixo.

 
É proibida a cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do PortalJNN bem como de suas imagens sem autorização por escrito. O conteúdo do PortalJNN é protegido pela Lei de Direitos Autorais (nº 9610/98).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp