MENU

30/03/2021 às 10h22min - Atualizada em 30/03/2021 às 10h22min

​Pacientes e funcionários correm riscos com más condições em ambulâncias do SAMU

Jivago França - PortalJNN
Divulgação
As más condições de conservação em ambulâncias do SAMU em Jacarezinho e em outras cidades, coloca em risco eminente pacientes e funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Há relatos de pneus carecas e falta de freios em alguns veículos.

"Transferência não espera", destaca um funcionário de uma das unidades do SAMU que não será identificado para evitar represálias. Todos os dias as ambulâncias precisam transportar pacientes inclusive com viagens longas que podem chegar até 600 quilômetros no trajeto ida e volta.

Os funcionários estão preocupados com a segurança deles e dos pacientes. "Nossa segurança em primeiro lugar. Não estou aguentando, estou ficando doente. Estamos correndo risco de vida. Vamos salvar e é perigoso acontecer acidente e nós morrermos", desabafou.

"Com a pandemia as coisas só estão piorando. Nem as férias nossas não dão mais. É um socorro que estamos pedindo". disse o funcionário que não será identificado. "Uma falta de respeito com nós. Estamos andando nessas condições ai. O transporte é desumano com a população. Não abre o vidro traseiro, não tem ar condicionado. Estamos dentro de uma caixa", desabafou.

A situação não é exclusiva do Norte Pioneiro. Existe um movimento espalhado pelo Brasil denominado Defensores do Samu onde cita especialmente os condutores de ambulâncias. "População brasileira, sem os condutores não haveriam transporte e pessoas morreriam", diz um cartaz divulgado pelo instagram.

Outro lado

O PortalJNN entrou em contato com a empresa responsável pelo gerenciamento do SAMU no Norte Pioneiro, OZZ Saúde, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno ao contato feito.
 
É proibida a cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do PortalJNN bem como de suas imagens sem autorização por escrito. O conteúdo do PortalJNN é protegido pela Lei de Direitos Autorais (nº 9610/98).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp