MENU

05/04/2021 às 11h37min - Atualizada em 05/04/2021 às 11h37min

Vacinação e medidas de combate reduzem casos de Covid-19 em Jacarezinho

Mas número de óbitos tem crescimento

Assessoria
Assessoria
A aplicação de mais de 4 mil doses da vacina contra Covid-19 e inúmeras medidas de enfrentamento à pandemia adotadas pelo município resultaram na redução do número de casos da doença na última semana.

A título de comparação, nas semanas anteriores a média de casos registrados de domingo a domingo giravam em torno de 250 a 300 novos diagnósticos de Covid-19. Os casos ativos ficaram boa parte deste período entre 200 a 290.

Agora, levando em consideração os boletins do dia 28 de março a 4 de abril, o município teve 130 novos casos da doença. Os casos ativos pela primeira vez em muito tempo caíram consideravelmente e no momento totalizam 157.

É importante dizer que, além de um número expressivo de doses aplicadas da vacina, Jacarezinho também impôs medidas restritivas e intensificou a fiscalização - inclusive com um decreto que leva funcionários comissionados a aturem em escala junto a Vigilância Sanitária para multiplicar o efetivo de fiscalização e aumentar a abrangência das ações.

"Estamos buscando mais vacinas, para que possamos proteger o maior número de pessoas no menor período de tempo possível, temos restrições diversas com relação a circulação de pessoas nas ruas e multiplicamos por 10 o número de pessoas fiscalizando o cumprimento das normas, como uso de máscaras, respeito aos horários e distanciamento social. O resultado é bastante positivo, mas ainda precisamos ter muito cuidado porque o vírus continua circulando e qualquer vacilo os números voltam a subir", avalia o prefeito Marcelo Palhares.

Nesta semana Jacarezinho deve receber novas doses da vacina, além de seguir na tentativa de conseguir o imunizante através de consórcios e acelerar o processo de imunização aos cidadãos.

ÓBITOS
E o alerta feito pelo prefeito Marcelo Palhares não é à toa. Isso porque embora o número total de casos tenha tido reduções substanciais, o número de óbitos continua crescendo, o que mostra que a doença está cada vez mais letal, seguindo uma tendência do que acontece em todo o Brasil. Então o cuidado é cada vez mais importante para que cada um proteja a si mesmo e proteja familiares e pessoas próximas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp