MENU

24/05/2021 às 11h47min - Atualizada em 24/05/2021 às 22h30min

Daniel Nascimento é primeiro da ABDA a obter índice para Olímpiadas

Estreante em maratonas, Daniel venceu em Lima com 2h09min04 e fez índice para Tóquio

SALA DA NOTÍCIA Sheila Junqueira - Assessoria de Imprensa ABDA
https://abdabauru.com.br/blog/2021/05/24/daniel-nascimento-e-primeiro-da-abda-a-obter-indice-para-olimpiadas/

Daniel Ferreira do Nascimento, atleta da Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA) de apenas 22 anos, correu ontem (23/5), no Peru, a primeira maratona de sua carreira, e não só venceu como também garantiu o índice olímpico para Tóquio, tornando-se o primeiro atleta da associação a disputar uma Olímpiada.

O atleta da ABDA completou os 42,195 km da Maratona do Bicentenário em Lima, no Peru, com o tempo oficial de 2h09m04s, terminando com folga para o segundo colocado e superando em mais de dois minutos o tempo mínimo exigido pela World Athletics para a qualificação olímpica que é de 2h11m30s. Foi ainda o melhor tempo de um brasileiro em uma maratona nos últimos dez anos.

Exemplo de superação - Daniel Nascimento começou no atletismo em sua cidade natal, Paraguaçu Paulista (SP). Chegou a abandonar o esporte e ir trabalhar na lavoura, mas em 2019 voltou a treinar na ABDA, onde contou com apoio de equipe multidisciplinar para recuperação de lesões e treinamentos específicos. Em 2019 mesmo, o atleta começou a fazer história, ao ser o brasileiro melhor colocado na 95ª Corrida de São Silvestre, ficando na 11ª colocação. Em 2020, Daniel venceu a 14ª Meia Maratona de São Paulo e garantiu vaga no Mundial de Meia Maratona, na Polônia, na qual ficou com o 93º lugar.

+ Leia mais: Atleta da ABDA é brasileiro melhor colocado na São Silvestre

+ Leia mais: Atleta da ABDA representa Brasil no Mundial de Meia Maratona

“O Daniel é a ‘cara da ABDA’, um grande exemplo de superação com base nos lemas que regem a associação: persistência, humildade e fé. Ele veio treinar na ABDA após ter chegado a desistir do atletismo e com muito foco, apoio, dedicação e comprometimento superou as adversidades. Hoje, se torna nosso primeiro atleta a conquistar índice para uma Olímpiada e, certamente estará muito focado em representar bem o Brasil nos Jogos. É motivo de grande orgulho para toda nossa família ABDA e inspiração para novas conquistas de nossos atletas”, diz o empresário bauruense Claudio Zopone, idealizador e mantenedor da ABDA.

Treinamento no Quênia - Participar de maratonas fazia parte dos planos de treinamento de Daniel Nascimento para este ano, mas a pandemia de covid-19 atrapalhou, devido a cancelamentos de provas. O atleta foi então fazer um treinamento na cidade de Iten, no Quênia, onde se preparou por mais de 40 dias para a conquista histórica deste domingo, no Peru.

“Enquanto Daniel treinava no Quênia, surgiu essa possibilidade da participação na Maratona de Lima e era a última oportunidade de obter o índice. Daniel fez bons treinamentos no Quênia e conseguiu chegar em Lima justamente por ter ido direto do país africano enquanto outros atletas não conseguiram, devido a pandemia, pois iriam direto do Brasil, que enfrenta restrições de entrada no Peru. A gente acreditava no índice e ele fez uma grande marca, 2:09:04 é uma das melhores marcas da história entre atletas brasileiros”, destacou o técnico Neto Gonçalves.

O técnico ressalta também a felicidade de ter um atleta disputando os Jogos Olímpicos e fala da preparação e expectativa. “Disputar os Jogos Olímpicos é o sonho de todo atleta e treinador. Estamos contentes e agradecidos pelo apoio recebido pela equipe e diretoria da ABDA, a Semel (Secretaria Municipal de Esportes e Lazer) de Bauru e também dos patrocinadores. Vamos agora focar na preparação para os Jogos de julho e buscar grandes resultados. Esse é nosso objetivo”, afirma Neto Gonçalves.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp