MENU

28/05/2021 às 14h07min - Atualizada em 28/05/2021 às 14h07min

​Passa de 100 o número de infectados por Dengue em Cambará

Relatório do Departamento Municipal de Endemias aponta para um preocupante cenário epidêmico na cidade

Carlos Roberto Francisquini / Circulando Aqui
Imagem ilustrativa / Google imagens
O Departamento de Endemias de Cambará lançou um novo alerta na tarde desta terça-feira (25) onde apresenta os números de infectados por dengue e aponta para um preocupante cenário epidêmico na cidade.

De acordo com o boletim, Cambará conta com 101 pessoas diagnosticada com a doença, números superiores ao da Covid atualmente.

Em nota, Leisemari Ferraz Penedo de Araújo, Coordenadora Geral de Endemia de Cambará, informa que a equipe redobrou as atenções e visitas diárias nas residências, e em pontos críticos ao quais são considerados estratégicos como borracharias, depósitos de materiais recicláveis, sucatas e Imóveis em condições de riscos.

Segundo Leise, o município iniciou a operação fumacê em todos os bairros da cidade na tentativa de frear a proliferação do mosquito.

“É grande o número de notificações de casos suspeitos sendo investigados e casos já confirmados de Dengue”, informa a nota.  

A coordenador  disse ainda que sem o apoio população os trabalhos surtirá pouco efeito. “É importante ressaltar que a aplicação do inseticida só terá eficácia com a colaboração da população nos ajudando na eliminação dos criadouros ou qualquer depósito que possa acumular água, tendo em vista, que o mosquito dura em média 365 dias no seco”, alerta.

Conscientização

A ausência de senso comum é um dos principais fatores de risco para o aumento de casos de dengue no município. Parte da população ainda insiste em dificultar a visita dos agentes da endemia para fiscalizar os quintais. “Pedimos para que a população abra as portas para o combate a dengue e nos ajude”, afirma.

A nota, alerta que há uma grande quantidade de resultados de exame para sair, portanto os números poderão aumentar.

O departamento de endemias juntamente com secretaria de infraestrutura vem realizando mutirões de limpeza para retirada de quaisquer recipientes que possam acumular água.

“Pedimos a colaboração dos moradores para que limpem seus quintais para eliminarmos possíveis criadouros do aedes aegypit”, recomenta, “lembramos que onde tem água parada pode ter dengue, além da zika e chikungunya entre outras doenças graves também transmitidas pelo mosquito”, destaca.

Leise disse que o calendário de limpeza urbana está sendo distribuído pelos agentes de endemias da cidade e está disponível no departamento de endemias.

“Quem puder ajudar, segue nossa centrar de atendimento pelo Telefone 3532-3292”, completa.

Segue os dados desta última Semana:

CASOS CONFIRMADOS DE DENGUE: de 93 para 101

CASOS DE DENGUE NOTIFICADOS:  de 250 para 266

CASOS DE DENGUE DESCARTADOS: 107

AGUARDANDO RESULTADO:  de 54 para 58


CASOS CONFIRMADOS POR BAIRRO

JARDIM PRIMAVERA: 15

CENTRO: 12

CERÂMICA BRASIL (São José1, Rotary, Pinheiro, Lazer, Parque Alambari 2): 24

 VILA ALAMBARI: 06

VILA ORTIGOSA: 02

INÊS PANICHI HAMZÉ: 02

GONZAGA: 11

JARDIM NOVA AMÉRICA: 07

OTÁVIO RODRIGUES: 02

VILA RUBIM: 07

SÃO JOSÉ 2: 01

VILA SANTANA: 03

LOTEAMENTO PADOVANI: 01

BERGAMASCHI: 02

ESTAÇÃO: 04

COHAPAR: 01

JARDIM SANTO ANTONIO: 01


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp