MENU

09/06/2021 às 17h41min - Atualizada em 10/06/2021 às 01h00min

Pesquisas mostram que o Ômega-3 é um aliado da saúde cardiovascular

O Ômega-3 é uma gordura poli-insaturada saudável e que auxilia principalmente na saúde cardiovascular e cerebral. No organismo, o ômega-3 apresenta efeito anti-inflamatório e modulador do sistema de defesa, além de ser fundamental para os processos de aprendizagem e cognição.

DINO
http://naturalis.com.br/

O padrão alimentar e o estilo de vida das pessoas estão totalmente relacionados com a prevenção de Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT), que são consideradas um dos principais problemas de saúde pública no mundo (WHO, 2003; MS, 2011). Porém, nem sempre é possível inserir nos hábitos alimentares todos os nutrientes necessários para atingir os níveis recomendados para cada faixa etária e, assim, garantir o funcionamento adequado do organismo, sendo a suplementação alimentar uma aliada importante para complementar a alimentação e suprir as necessidades nutricionais dos indivíduos.                                      

Um nutriente muito importante e que na maioria das vezes está presente em baixas concentrações na alimentação é o Ômega-3, uma gordura poli-insaturada que está associada com inúmeros benefícios à saúde, tais como a melhora da síndrome metabólica, dislipidemia e hipertensão, com menor risco de doenças cardiovasculares e doenças inflamatórias.                                                                                                

De acordo com Micha et al (2015), estima-se que menos de 20% da população mundial consome ≥ 250 mg / dia de ácidos graxos poli-insaturados Ômega-3 proveniente de frutos do mar. Isso significa que alguns países, como o Brasil, apresentam um baixíssimo consumo de fontes alimentares adequadas de Ômega-3 concentrado em DHA (Ácido Graxo Docosahexaenoico) e EPA (Ácido Graxo Eicosapentaenoico), principais ácidos graxos da família Ômega-3.

O que é Ômega-3 e quais são seus benefícios para a saúde?

Os ácidos graxos da família Ômega-3 desempenham importantes funções na estrutura das membranas celulares e nos processos metabólicos, sendo denominados essenciais por não serem sintetizados pelo organismo. Em sua estrutura, encontra-se o ácido Alfa-Linolênico (ALA), que é precursora do EPA (Ácido Graxo Eicosapentaenoico) e DHA (Ácido Graxo Eicosapentaenoico), considerados os principais ácidos graxos Ômega-3.

No organismo, o Ômega-3 apresenta efeito anti-inflamatório e modulador do sistema de defesa, ajuda a evitar a formação de coágulos sanguíneos e previne o entupimento de vasos. Além disso, colabora com a redução da taxa de triglicérides e do risco de eventos cardiovasculares adversos. O nutriente também auxilia na redução da inflamação e das dores provocadas por doenças reumáticas e beneficia a função das células nervosas, podendo atuar de forma positiva em desordens neurológicas. Essa ação anti-inflamatória deve-se principalmente ao EPA. O DHA, por outro lado, é fundamental para os processos de aprendizagem, cognição e visão, devendo seu consumo ser garantido principalmente no período fetal e na primeira infância.

Essas evidências começaram a ser percebidas em 1975, quando pesquisadores dinamarqueses notaram que os esquimós da Groelândia apresentavam baixa prevalência de diversas doenças, como: doenças cardiovasculares, taxas alteradas de colesterol e triglicérides, hipertensão arterial, doenças reumáticas, doenças da pele e diabetes mellitus. Essa descoberta foi atribuída ao alto consumo de animais marinhos de águas frias.

Fontes de Ômega-3

A principal fonte de Ômega-3 concentrado em DHA e EPA são os peixes que sobrevivem em águas profundas e frias (Salmão, Cavala, Arenque, Sardinha, Atum) e algas marinhas como a Shizochitrium SP, algumas sementes como as de chia e linhaça e oleaginosas também são fontes de Ômega-3, mas não concentradas na fração DHA/EPA.

Ômega-3 e suplementação

Além da mudança no padrão alimentar com a inclusão de alimentos fontes de Ômega-3, também tem se tornado muito comum e recomendada por médicos e nutricionistas a suplementação de Ômega-3 por meio de cápsulas de Óleo de Peixe ou através da suplementação líquida, já que apresenta quantidades significativas de EPA e DHA. A versão líquida torna-se uma opção interessante para atender principalmente pessoas que não conseguem consumir cápsula, que necessitam de uma alta concentração dos principais ácidos graxos da família Ômega-3 ou que apresentam problemas de deglutição. Hoje já existe no mercado suplemento de Ômega-3 concentrado em EPA e DHA, sem odor e sabor de peixe e com aroma natural de limão.

Uma das empresas atuantes no mercado de Ômega-3, a Naturalis Nutrição & Farma, Indústria Alimentar que atua há mais de 40 anos no segmento de Suplementação Alimentar no desenvolvimento e fabricação de produtos com Ômega-3, lançou recentemente o Ômega-3 Líquido, que é um Óleo de Peixe composto 100% por Óleo de Salmão com alta concentração de EPA e DHA. Apresenta-se em frasco de 250mL, contém aroma natural de limão proveniente do óleo essencial da casca dessa fruta, o que garante um sabor natural e refrescante, além de tocoferóis naturais que ajudam a proteger o óleo. Cada frasco acompanha um copo dosador, o que possibilita dosar a quantidade de EPA/DHA exata considerando as necessidades nutricionais de Ômega-3 de cada indivíduo. Para obter maiores informações, basta acessar o site: www.naturalis.com.br.

 

 

 

 

 



Website: http://naturalis.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp