MENU

28/06/2021 às 11h00min - Atualizada em 29/06/2021 às 00h00min

Como produzir um e-book de qualidade?

Saiba o que é e como produzir um e-book de qualidade

SALA DA NOTÍCIA Victor Augusto de Alencar

O e-book é um tipo de material que se aprofunda em determinado assunto, com o intuito de esclarecê-lo e elucidar dúvidas em relação a ele. Pode ser usado de muitas maneiras por uma marca, mas, principalmente, para atravessar o lead pelas etapas do funil de vendas.

Portanto, estamos falando de uma das estratégias de marketing mais importantes, principalmente porque se encaixa dentro do marketing de conteúdo, que hoje é uma das ferramentas mais eficientes para quem quer construir uma boa imagem.

Dentre as principais características do e-book está o fato de ele ser mais extenso e rico em informações. Ou seja, é diferente dos conteúdos que lemos em blogs ou outros canais de materiais mais curtos, como as redes sociais.

Além disso, passa por todo um trabalho de diagramação e editoração, como se fosse um livro comum, o que ajuda a marca a transmitir profissionalismo e seriedade.

Por essas e outras razões, o e-book continua sendo uma forma estratégica para atrair, converter e engajar clientes, então, não pode faltar em seu planejamento de marketing.

Pensando nisso, neste artigo, vamos mostrar a importância do e-book para os negócios e dar dicas para criar um. Acompanhe a leitura!

Entenda mais sobre a importância do e-book para as empresas

Com o advento da internet, o marketing digital se tornou o principal meio para divulgar uma marca, seus produtos e serviços. Ele possui várias estratégias, mas uma das mais importantes é o marketing de conteúdo.

Este consiste na produção de materiais de qualidade, que abordam assuntos do interesse do público-alvo de uma marca, para educar os consumidores, engajá-los e atravessá-los pelo funil de vendas.

Assim, um fabricante de tubo industrial redondo, por exemplo, pode produzir conteúdos em vários formatos, tais como:

  • Textos;
  • Imagens;
  • Vídeos;
  • Infográficos;
  • Áudios.

Vários tipos de textos podem ser produzidos, dentre eles o e-book, uma opção mais completa e aprofundada sobre qualquer assunto relacionado ao mercado de uma empresa, de acordo com os interesses de seu público-alvo.

Produzir e-books é muito importante para os negócios, principalmente porque eles engajam os consumidores. Inclusive, se for um material realmente relevante, educa as pessoas e é visualmente agradável.

Com isso, o consumidor vai compartilhá-lo e fazer com que ele chegue a um número maior de pessoas, fazendo com que a marca seja conhecida por elas.

Ademais, ao entregar um e-book de qualidade, com informações que levam valor aos clientes e potenciais clientes, a empresa se posiciona como uma especialista em seu mercado.

Isso faz dela uma referência e uma fonte confiável para possíveis consultas. Em outras palavras, quando a organização entende seu público e as necessidades inerentes a ele, as chances de as pessoas procurarem por ela são maiores.

Como complemento desse resultado, a cada novo material desse tipo criado por um fabricante de chapas de acrílico, por exemplo, maior será a autoridade dele sobre os assuntos em pauta. Consequentemente, há um fortalecimento da marca.

E para que o consumidor tenha acesso ao material, ele precisa fornecer alguns dados a seu respeito, como nome e e-mail. É a partir disso que ele se torna um lead e a lista de contatos da companhia aumenta.

Além disso, estamos falando de um tipo de material fácil de ser distribuído, precisando apenas que você elabore uma estratégia de distribuição.

Por fim, o e-book é muito versátil, e para criá-lo, outros conteúdos trabalhados pela empresa podem ser usados, como vídeos, postagens do blog, dentre outros.

Agora que você já sabe qual é a importância do e-book para uma empresa, no próximo tópico, vamos dar algumas dicas para criá-lo. Continue com a gente e entenda mais sobre o tema!

Dicas para produzir um bom e-book

Para produzir um e-book de qualidade, é necessário seguir um passo a passo. É dessa forma que ele será realmente relevante para seu público-alvo. Então, dentre as estratégias, temos:

Escolher um tema

O primeiro passo é definir o assunto que será abordado, sendo algo que você domina e que ao mesmo tempo seja atrativo para o público a que se destina.

As pessoas buscam soluções para um problema, sendo assim, é necessário responder às dúvidas delas. Por exemplo, um fabricante de exaustores pode explicar qual o melhor tipo de exaustor para espaço confinado.  

Para se decidir em relação ao tema, você pode se basear em materiais publicados em outros canais, como o blog ou o canal no YouTube do seu negócio.

O ideal, em qualquer caso, é escolher um tema específico, visto que a concorrência nesse caso é menor e você pode abordar o assunto de maneira mais específica.

Dividir o conteúdo em partes

Sabendo qual tema será abordado, fica mais fácil organizar o material em tópicos. Então, crie a apresentação dele e siga uma sequência lógica para mostrar ao leitor o que ele vai receber.

Divida o conteúdo em partes, definindo quais são os assuntos mais relevantes a serem abordados em cada uma. Assim, será mais fácil compreendê-lo.

Escrever o conteúdo

Depois de organizar as partes, fica mais fácil começar a escrever o conteúdo. Uma empresa de monitoramento de alarme, por exemplo, pode contar com um redator profissional nessa etapa, mas se você ainda não pode investir, não tem problema.

Para quem não tem o hábito de escrever, pode ser um pouco difícil no começo, mas, com o tempo e a prática, esse trabalho se torna mais fluido.

Ademais, ao falar sobre um assunto que você domina, a escrita também se torna mais simples. Independentemente da sua situação, é necessário ficar atento a alguns detalhes, para que eles não influenciem negativamente no resultado.

Um deles é escrever seguindo as regras ortográficas e gramaticais, além de usar uma linguagem de acordo com o perfil do seu público-alvo.

É importante evitar trechos e frases muito longas, para que o material não fique cansativo. Ademais, o texto deve ser dividido em subtítulos, assim, a leitura será mais agradável.

Para abordar o tema de maneira completa, é necessário ser objetivo e ter cuidado com as expressões usadas, evitando gírias e regionalismos.

Usar elementos visuais

O e-book é um material em formato de texto, mas nada impede que uma agência de consultoria de recrutamento e seleção utilize elementos visuais ao longo dele. Na verdade, isso é recomendável para deixar o conteúdo mais atrativo.

Sendo assim, insira imagens relacionadas ao assunto ao longo do material, principalmente se ele for um tutorial. Dessa forma, o leitor pode visualizar as etapas.

Além das imagens, outros elementos podem ser aplicados, como gráficos, ilustrações, infográficos e outros tipos que melhorem a experiência do usuário. A única coisa que você não pode fazer é usar imagens aleatórias, que não tenham ligação com o assunto.

Revisar o e-book

Depois de escrever e inserir as imagens, chegou o momento de revisar o material. Nessa etapa, uma empresa de motoboys em São Paulo, por exemplo, deve corrigir possíveis erros, melhorar as frases e a ortografia e confirmar se o texto ficou compreensível.

O ideal é contar com um profissional para esse trabalho, como um revisor de textos. Além de saber o que deve ser corrigido, o olhar de uma terceira pessoa nota tudo aquilo que passou despercebido por quem criou o conteúdo.

Entretanto, se a verba estiver curta para investir nesse trabalho agora, não tem problema, você mesmo pode fazê-lo. Dê um tempo de alguns dias e depois volte a ler o material calmamente.

Não se esqueça de formatar o material

Depois de fazer todas as correções, chegou o momento de formatar o e-book, para que ele transmita credibilidade e profissionalismo aos leitores.

Se você não sabe fazer formatação, pode ler alguns tutoriais na internet, mas, se preferir, pode fazer como um fabricante de dutos de ventilação, por exemplo, e contratar um profissional.

Essas pessoas sabem como funciona o formato de um e-book, para que ele se encaixe aos padrões de materiais para leitura online. Apesar de parecer um detalhe, a formatação é muito importante para a escaneabilidade do e-book.

Divulgar o conteúdo

Agora seu conteúdo está pronto para ser divulgado, então, pense em boas estratégias para fazer isso. Para distribuir seus materiais, uma empresa de impressora inkjet industrial, por exemplo, pode analisar os canais disponíveis e escolher aqueles onde seu público está.

Uma boa opção é o blog, um canal destinado à veiculação de conteúdos de valor. Outra possibilidade são as redes sociais, que te ajudam a divulgar a plataforma onde o e-book está hospedado.

Conclusão

O e-book é um material rico e relevante para os consumidores, pois entrega a eles informações valiosas que respondem às suas principais dúvidas.

Mas para que dê resultado, é necessário saber elaborá-lo e usar as melhores estratégias em sua produção. Neste artigo, você aprendeu como fazer isso e agora já pode disponibilizar para seu público-alvo o melhor tipo de conteúdo que existe.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp