MENU

01/07/2021 às 12h16min - Atualizada em 01/07/2021 às 12h16min

​Brasil ultrapassa a marca de 100 milhões de brasileiros vacinados

E mais de 135 milhões de doses de vacinas covid-19 já foram distribuídas aos estados e ao DF

Assessoria Governo Federal
Walterson Rosa/MS
O Sistema Único de Saúde (SUS) já aplicou 101.476.804 doses de vacinas contra a Covid-19 em brasileiros de todo o país - número atualizado às 19h dessa quarta-feira (30/6). Mais de 74 milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina e mais de 26 milhões já estão protegidos com as duas doses. A meta é vacinar 160 milhões de pessoas até o fim de 2021.

“Será possível, com o empenho de todos, vacinar a população brasileira acima de 18 anos até o final de 2021. Essa é a nossa esperança, esse é o nosso compromisso”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Já foram distribuídos a estados e municípios 135.060.376 imunizantes contra a doença.

Do total de imunizantes distribuídos aos estados, segundo o Ministério da Saúde, a maior parte foi da Fiocruz/Astrazeneca; seguidas, nesta ordem, pela Coronavac/Sinovac/Butantan, Pfizer/Biontech e Jansen/Johnson e Johnson.

Distribuição para os estados
Segundo o Ministério da Saúde, assim que as vacinas chegam ao Brasil, elas são distribuídas para os estados em até 48 horas. O repasse dos imunizantes às Unidades da Federação é feito de forma proporcional, de acordo com as estimativas populacionais, os grupos prioritários e o quantitativo de doses disponibilizadas pelos laboratórios que fabricam os imunizantes.

Ao receberem os lotes das vacinas, equipes do Centro de Distribuição Logístico, do Ministério da Saúde, são responsáveis por armazená-los em câmaras frias, fazer a contagem e o controle de qualidade de todas as doses recebidas.

Logo após esse processo, o Ministério da Saúde se reúne com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde para, juntos, definirem a estratégia de distribuição dos imunizantes.

O Brasil já encomendou mais de 600 milhões de doses de vacinas, que devem chegar ao país até o fim deste ano.

“Os efeitos da nossa campanha de vacinação já podem ser sentidos porque já percebemos uma redução de óbitos entre aqueles indivíduos de faixa etária mais elevada que já tiveram pelo menos uma dose da vacina aplicada. Então, estamos otimistas de que a nossa campanha de imunização porá fim ao caráter pandêmico dessa doença”, acrescentou o ministro.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp