MENU

02/07/2021 às 14h11min - Atualizada em 04/07/2021 às 14h11min

​Jacarezinho está na lista de municípios que aplicaram vacina vencida contra Covid-19

Quatro pacientes da cidade receberam o imunizante vencido em 14 de abril

Jivago França - PortalJNN
Com informações da Folha de São Paulo
Agência Estadual de Notícias
A cidade de Jacarezinho está entra os 1532 municípios do Brasil que aplicaram doses vencidas da vacina AstraZeneca contra Covid-19. Segundo dados divulgados pela Folha de São Paulo, pelo menos quatro pacientes receberam a vacina que havia vencido em 14 de abril em Jacarezinho.

Segundo a publicação não há informações mais detalhadas de quando foram aplicadas. Ainda segundo a Folha de São Paulo, as informações constam nos registros oficiais do Ministério da Saúde. Pelo menos 26 mil doses foram aplicadas fora do prazo de validade em todo o país.

Jacarezinho aparece na posição 723 na lista dos municípios que aplicaram o imunizante vencido. Conforme a reportagem da Folha de São Paulo, 70% das doses aplicadas em todo o Brasil são do mesmo lote das quatro aplicadas em pacientes de Jacarezinho. 

Caso você tenha recebido vacina da AstraZeneca após a data de vencimento, procure um posto de saúde com sua carteira de vacinação para registro do erro vacinal e para receber orientações. O lote vencido aplicado em quatro pessoas em Jacarezinho é de número 4120Z005.

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, quem tomou imunizante vencido precisa se revacinar pelo menos 28 dias depois de ter recebido a dose administrada equivocadamente. Na prática, é como se a pessoa não tivesse se vacinado.
 
O PortalJNN entrou em contato com o Secretário Municipal de Saúde de Jacarezinho, João Lucas Thabet Venturini que garantiu que todas vacinas são aplicadas assim que chegam, enviadas pelo governo estadual. Segundo ele, é preciso aguardar uma manifestação oficial da SESA. "Aplicamos as vacinas assim que nos enviam. Quem faz todo esse controle dos lotes é o estado, recebemos e aplicamos. Não ficamos com vacinas represadas", descreveu.

A campeã no uso de vacinas vencidas é Maringá. A cidade paranaense vacinou 3.536 pessoas com o produto da AstraZeneca fora da validade (primeira dose em todos os casos).

Além disso, outras 114 mil doses da vacina AstraZeneca que foram distribuídas a estados e municípios dentro do prazo de validade já expiraram. Não está claro se foram descartadas ou se continuam sendo aplicadas. AstraZeneca é a vacina mais usada no Brasil. Ela responde por 57% das doses aplicadas neste ano. A imensa maioria foi utilizada de acordo com as orientações do fabricante.

As vacinas desses lotes foram distribuídas de janeiro a março pelo governo federal para todos os estados do país antes do vencimento. Elas somam quase 3,9 milhões de doses, das quais cerca de 140 mil não foram utilizadas dentro do prazo de validade. Dessas, até o dia 19 de junho, 26 mil tinham sido aplicadas já vencidas.

A maioria (70%) das doses aplicadas depois da validade é de um mesmo lote do Instituto Serum, identificado como "4120Z005". O bloco venceu em 14 de abril, mas continuou sendo aplicado depois dessa data pelo país. A Secretaria Estadual de Saúde do Paraná informou que há um problema de integração dos dados entre municípios e o sistema federal, "um erro de leitura da data de exportação do dado".

Também por nota, o Ministério da Saúde informou "que acompanha rigorosamente todos os prazos de validade das vacinas Covid-19 recebidas e distribuídas" e que "as doses entregues para as centrais estaduais devem ser imediatamente enviadas aos municípios pelas gestões estaduais. Cabe aos gestores locais do SUS o armazenamento correto, acompanhamento da validade dos frascos e aplicação das doses, seguindo à risca as orientações do Ministério."
 
Comunicado prefeitura

Esclarecemos que, apesar de matérias veiculadas pela imprensa dizendo o contrário, o Paraná, e portanto Jacarezinho, não aplicaram vacinas vencidas.
O que ocorreu, e gerou a confusão, no caso de Jacarezinho, foi que as vacinas foram aplicadas dentro do prazo de validade, mas lançadas no sistema de controle depois desse prazo.

Das 4 pessoas que teriam recebido vacinas fora do prazo, 3 já foram contactadas pela Secretaria Municipal de Saúde, e uma ainda não foi localizada porque reside na Zona Rural.

[ATUALIZAÇÃO] A Secretaria Municipal de Saúde orienta que toda a população vacinada confira o Cartão de Vacina, onde constam todos os dados da aplicação: lote, data de vencimento e a marca do imunizante aplicado.

[ATUALIZAÇÃO 2] A Secretaria M. de Saúde verificou as Carteiras de Vacinação das pessoas que receberam as doses de vacinas dos lotes indicados como vencidos, e constatou que elas foram aplicadas dentro do prazo de validade. Não estavam vencidas.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp