MENU

20/07/2021 às 12h09min - Atualizada em 21/07/2021 às 00h00min

Justiça manda soltar vereador de Campo Mourão preso em operação do Gaeco

Sidney Ronaldo Ribeiro, conhecido como Tucano, foi detido há uma semana em uma ação do MP-PR que prendeu 14 policiais rodoviários suspeitos de corrupção.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2021/07/20/justica-manda-soltar-vereador-de-campo-mourao-preso-em-operacao-do-gaeco.ghtml

Sidney Ronaldo Ribeiro, conhecido como Tucano, foi detido há uma semana em uma ação do MP-PR que prendeu 14 policiais rodoviários suspeitos de corrupção. Vereador Tucano, de Campo Mourão, é investigado pelo Gaeco
Câmara de Vereadores de Campo Mourão/Divulgação
A Justiça concedeu liberdade provisória ao vereador de Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná, Sidney Ronaldo Ribeiro, do PSD. Ele foi preso há uma semana em uma operação do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que investiga um esquema de corrupção por policiais rodoviários estaduais.
A defesa do vereador disse que a Justiça reconheceu que não havia necessidade de manter Sidney Ribeiro preso, pois ele tem endereço fixo, exerce o segundo mandato no Legislativo Municipal e o Ministério Público ainda não ofereceu denúncia.
"Ele foi surpreendido com a operação, desconhece qualquer ato investigado e não tem conexão criminal. A apuração trata da atividade profissional dele, não tem nada a ver com o mandato legislativo. Ele está à disposição da Justiça", disse o advogado Elcio de Souza Novaes.
Operação
O vereador, conhecido como tucano, e mais 14 policiais rodoviários foram presos na ação do Ministério Público do Paraná (MP-PR). De acordo com as investigações, os policiais cobravam propina para liberar a passagem de mercadorias importadas sem o pagamento de impostos.
Os militares também são suspeitos de ficar com parte das mercadorias de contrabandistas que não aceitavam pagar a propina. Conforme as investigações, os agentes faziam boletins de ocorrência genéricos, ocultavam informações.
As investigações apontam que as cargas eram revendidas para estabelecimentos especializados em comércios de equipamentos eletrônicos. Ainda de acordo com o Gaeco, o vereador de Campo Mourão é suspeito de comprar e vender as mercadorias.
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2021/07/20/justica-manda-soltar-vereador-de-campo-mourao-preso-em-operacao-do-gaeco.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp