MENU

25/07/2021 às 10h06min - Atualizada em 25/07/2021 às 10h17min

Prefeitura do Rio e Fiocruz vacinam adolescentes de 12 a 17 anos em Paquetá

Cerca de 400 adolescentes que moram na ilha recebem a primeira dose da Pfizer, único imunizante atualmente autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

G1
https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/07/25/prefeitura-do-rio-e-fiocruz-vacinam-adolescentes-de-12-a-17-anos-em-paqueta.ghtml

Cerca de 400 adolescentes que moram na ilha recebem a primeira dose da Pfizer, único imunizante atualmente autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Ilha de Paquetá tem atualmente 4.180 moradores
Reprodução/ TV Globo
A Prefeitura do Rio de Janeiro, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), realiza neste domingo (25), mais uma etapa de vacinação contra a Covid na Ilha de Paquetá. A iniciativa faz parte do projeto "Paquetá Vacinada", que teve início em junho e analisa os efeitos da vacinação em massa.
Cerca de 400 adolescentes entre 12 e 17 anos recebem a primeira dose do imunizante da Pfizer, único atualmente autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação.
A vacinação acontece na unidade de saúde local, a UIS Manoel Arthur Villaboim, das 9h às 16h.
Para participar, de terem que ser moradores da ilha, os adolescentes fizeram o teste rápido para Covid-19 na etapa de inquérito sorológico.
A segunda dose das vacinas, tanto para adolescentes quanto para adultos, será aplicada no dia 15 de agosto.
LEIA MAIS:
Prefeitura do Rio e Fiocruz vão vacinar população da Ilha de Paquetá para estudo sobre Covid
Projeto na Ilha de Paquetá, Rio, vacina 1,6 mil moradores com a 1ª dose neste domingo
Paquetá inicia vacinação em massa contra Covid; 70% da ilha se cadastrou na campanha
Vacinação em Paquetá: 90% dos imunizados antes de estudo têm anticorpos contra a Covid
Entenda a campanha
O projeto Paquetá Vacinada é uma ação da Prefeitura do Rio em parceria com a Fiocruz.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação em massa vai permitir avaliar a segurança da vacina e entender como a imunização coletiva atua na proteção das pessoas que não foram vacinadas, como é o caso das crianças e dos adolescentes.
Também será avaliado se a primeira dose da vacina já evita completamente a transmissão de casos na região ou se isso só acontece a partir da segunda.
Segundo a prefeitura, a Paquetá tem atualmente 4.180 moradores. Destes, 3.530 são maiores de 18 anos e cadastrados no programa Saúde da Família.
É importante destacar que somente os moradores cadastrados serão vacinados. Turistas e visitantes que estiverem na ilha não receberão a vacina.
Testes sorológicos para Covid
Dados divulgados pela Prefeitura do Rio sobre o estudo "PaqueTá Vacinada" apontam para um alto nível de proteção das vacinas antes mesmo do início da pesquisa e imunização em massa da população da ilha.
No dia 20 de junho, moradores de Paquetá começaram a ser vacinados no que foi o "pontapé inicial" do estudo sobre imunização da Fiocruz e da prefeitura. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, esteve no local.
Cerca de 70% da população da ilha aceitou participar da análise.
Ministro Marcelo Queiroga vacina moradora de Paquetá na campanha de imunização em massa
Cristina Boeckel/G1
No dia 7 de julho, a SMS informou que resultados preliminares do estudo apontaram que 40% dos adultos não vacinados, e 90% dos vacinados previamente à pesquisa, testaram positivo para a presença de anticorpos contra a Covid.
Para chegar ao resultado foram feitos mais de 2,3 mil exames sorológicos nos moradores. Outra constatação prévia é que 21% das crianças e adolescentes também apresentaram anticorpos contra a doença por terem sido expostos ao coronavírus.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2021/07/25/prefeitura-do-rio-e-fiocruz-vacinam-adolescentes-de-12-a-17-anos-em-paqueta.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp