MENU

27/07/2021 às 13h03min - Atualizada em 27/07/2021 às 13h14min

Mulher com quase 200 kg se recupera da Covid-19 após 9 dias em UTI, em Campina Grande

Ao todo, foram 18 dias internada. Por causa do excesso de peso, Maria Janileide, de 31 anos, teve muita dificuldade durante a recuperação.

G1
https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2021/07/27/mulher-com-quase-200-kg-se-recupera-da-covid-19-apos-9-dias-em-uti-em-campina-grande.ghtml

Ao todo, foram 18 dias internada. Por causa do excesso de peso, Maria Janileide, de 31 anos, teve muita dificuldade durante a recuperação. Dona de casa de quase 200kg vence Covid-19 aos 31 anos
“Inacreditável! Um verdadeiro milagre!”: foi o que muitos disseram quando viram Maria Janileide, de 31 anos, saindo do hospital após se recuperar da Covid-19. Foram 18 dias de internação, nove deles na UTI do Hospital Pedro Primeiro, em Campina Grande. Com quase 200 kg, por causa do excesso de peso, a paraibana teve muita dificuldade durante a recuperação.
Segundo Maria Janileide, quando mais precisava ela não conseguiu ser intubada na UTI por causa do excesso de peso, que a impediu também de fazer raio-X do pulmão.
“Eu comecei tendo uma tosse, eu achava que era uma gripe, uma virose e fiquei em casa até com medo de ir pro hospital mesmo. Tinha medo de ser Covid, de precisar ser intubada e morrer. Mas eu não aguentei, tava muito cansada, então minha irmã chamou o Samu e me levaram”, relata.
Paraibana com quase 200 kg se recupera da Covid-19 após 9 dias em UTI, em Campina Grande
Reprodução/TV Paraíba
A dona de casa, que luta contra a balança desde a infância, diz que já tentou vários tratamentos, dietas e que hoje possui um Índice de Massa Corporal (IMC) maior que 50, grau de obesidade mórbida. Por isso, nem as tarefas mais simples do dia a dia ela consegue fazer.
“É muito difícil, eu canso rápido. Se eu for fazer alguma coisa, tem que ser sentada porque começo a sentir dor nas pernas, minhas pernas ficam bastante inchadas. Na hora de dormir também é muito difícil, já teve noite que passei acordada porque não conseguia dormir”, conta.
Por causa do excesso de peso, Maria Janileide, de 31 anos, teve muita dificuldade durante a recuperação
Reprodução/TV Paraíba
E não é só o físico, o lado emocional de Maria também está abalado. “Eu não gosto de sair porque as pessoas ficam julgando, ficam rindo. Então eu prefiro tá sempre dentro de casa. Eu já tava numa fase que eu não queria mais viver. Eu me tranca no meu quatro e chorava e dizia ‘Deus eu não quero mais viver’”.
“Pra mim é grande vitória ela ter vencido a Covid, porque a gente não esperava que voltasse pra casa, a realidade é essa. Então só tenho a agradecer a Deus e a equipe, os próprios médicos disseram que foi um milagre”, diz o irmão de Maria, Rosivaldo Ferreira.
Dona de casa com quase 200kg vence Covid-19
Novo desafio
Agora Maria Janileide espera vencer um outro desafio: a obesidade. O caminho apontado pelos médicos é a cirurgia bariátrica. Só que a família não tem condições de arcar com os custos do procedimento. Foi então que eles tiveram a ideia de fazer uma campanha para conseguir arrecadar os recursos para que ela possa voltar a ter autoestima e alegria de viver.
Maria ainda tentou a cirurgia pelo SUS, mas o tratamento foi interrompido por causa da pandemia. “É muito alto o custo da cirurgia, o acompanhamento com médicos, os exames e infelizmente nós não temos condições, nem eu nem minha família”.
“A gente já pensava em fazer essa campanha, fazer vídeo, tirar foto dela. Aí eu peguei o vídeo dela saindo do hospital e fiz essa campanha”, explica o irmão de Maria, Rosivaldo Ferreira.
Maria Janileide, que nunca gostou de tirar fotos, muito menos sair em público, encarou a timidez e gravou um vídeo que foi postado nas redes sociais. No vídeo ela pede ajuda das pessoas para conseguir fazer a cirurgia.
Maria ainda tentou fazer cirurgia bariátrica pelo SUS, mas o tratamento foi interrompido por causa da pandemia
Reprodução/TV Paraíba
História de Maria comoveu equipe médica
A história comoveu uma equipe médica especializada em bariátrica, que se ofereceu para fazer a cirurgia de graça, desde o cirurgião até o anestesista. O médico Eduardo Pachu, que se solidarizou com a história de Maria, explica porquê a cirurgia de redução do estômago é indicada para casos como o dela.
“Obesidade muita gente acha que é por culpa do paciente, mas pouca gente sabe que a obesidade é uma doença. Obesidade é uma tendência genética que o paciente tem, principalmente um paciente desse que chega na super obesidade e traz consigo várias outras doenças como diabetes, associada com 239 doenças catalogadas. Então hoje o tratamento pra obesidade parte desde o tratamento clínico até o tratamento cirúrgico”, salienta o médico.
A nutricionista que está acompanhando a dona de casa, Ana Paula Moreira, revela que fez bariátrica anos atrás e que se sente feliz em poder ajudar Maria. “Eu sei na pele o que ela tá sentindo, então eu não posso assistir de camarote, podendo ajudar e não ajudar. Iniciei com um tratamento nutricional, tô trabalhando com ela uma dieta pré-operatório bem bacana”.
De acordo com a psicóloga Elaine Pachu, é muito importante o acompanhamento psicológico nesse caso. “Como existem muitas mudanças de hábitos, comportamental, em função de uma cirurgia dessa, a equipe de profissionais vai pode-la conduzir melhor nesse processo”, destaca.
Apesar da ajuda dos profissionais, os custos com exames, despesas hospitalares, material cirúrgico e suplementação nutricional somam quase 15 mil reais. A campanha espera arrecadar esse valor através de uma "vaquinha online” que a família de Maria começou na internet, um sonho que ela e a filha esperam ansiosas para poder realizar juntas.
“Espero que ela consiga a cirurgia e consiga ter uma vida nova”, diz a filha de Maria Janileide, Ana Clara Ferreira, de 14 anos.
Maria Janileide com a filha, Ana Clara Ferreira, de 14 anos
Reprodução/TV Paraíba
Vídeos mais assistidos do G1 Paraíba

Fonte: https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2021/07/27/mulher-com-quase-200-kg-se-recupera-da-covid-19-apos-9-dias-em-uti-em-campina-grande.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp