MENU

28/07/2021 às 05h30min - Atualizada em 28/07/2021 às 10h54min

Previsão de frio intenso faz com que cidades paranaenses abram vagas e novos abrigos para pessoas em situação de rua

Previsão é de geadas intensas entre quarta (28) e sexta-feira (30) em todas as regiões do estado.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/07/28/previsao-de-frio-intenso-faz-com-que-cidades-paranaenses-abram-vagas-e-novos-abrigos-para-pessoas-em-situacao-de-rua.ghtml

Previsão é de geadas intensas entre quarta (28) e sexta-feira (30) em todas as regiões do estado. Frio intenso faz municípios abrirem novas vagas para acolherem moradores em situação de rua
Prefeitura de Londrina/Divulgação
A chegada de uma massa polar ao Paraná nesta quarta-feira (28) vai derrubar as temperaturas e há previsão de geada forte e generalizada em todo o estado.
Algumas cidades poderão registrar mínimas entre -1°C e -5°C. Com dias e noites gelados, vários municípios vão realizar ações na tentativa de reduzir o número de pessoas que dormem nas ruas.
Maringá, Cascavel, Cianorte e Paranavaí montaram abrigos provisórios para proteger do frio as pessoas em situação de rua.
Londrina e Foz do Iguaçu ampliaram o número de vagas nos albergues existentes que já atendem essa população.
Em Ponta Grossa, que preparou um ginásio desde o início de junho para receber os moradores de rua nos dias frios, para esta semana, a Assistência Social vai reforçar as abordagens e também está pedindo doações de roupas e agasalhos.
VEJA A PREVISÃO DO TEMPO NA SUA CIDADE
Mesmo com previsão de baixas temperaturas, o governo do Paraná emitiu uma nota informando que o clima seguirá o padrão do inverno paranaense, que é seco e caracterizado por temperaturas baixas.
A Defesa Civil do Paraná reforça que não há necessidade de pânico.
A massa de ar frio deve permanecer sobre o estado até 1° de agosto e geadas devem ser registradas de quarta até sexta-feira (30).
Veja as ações que serão realizadas nas cidades do Paraná:
MARINGÁ
O município montou um alojamento provisório com 140 vagas na Vila Olímpica. Beliches foram equipados com roupas de cama, cobertores, acolchoados, e agasalhos estarão à disposição das pessoas que forem passar os dias no local. A prefeitura também vai servir café, almoço e janta.
Os animais de estimação de pessoas em situação de rua que forem acolhidas no local também receberão atendimento. Foram colocadas casinhas, potes de água e de ração, além de mantas e roupas apropriadas para os animais.
Doações de cobertores e agasalhos podem ser feitas nas sedes da Defesa Civil ou Provopar e também diretamente ao guardas municipais.
Maringá ainda possui mais cinco albergues para acolhimento dessa população.
Vila Olímpica em Maringá foi preparada para receber moradores em situação de rua
Prefeitura de Maringá/Divulgação
CASCAVEL
O Ginásio poliesportivo do Creas no bairro Coqueiral, foi preparado para receber até 60 pessoas. O espaço funcionará como um alojamento enquanto a onda de frio intenso permanecer na região, segundo a prefeitura.
Cobertores e agasalhos doados ao Provopar serão repassados aos moradores que aceitarem o abrigo.
Avisos sobre pessoas em risco podem ser feitos no telefone (45) 98431-6376 que é o plantão dos educadores sociais.
Também estão preparados para abrigo a Casa POP e Albergue Noturno, serviços permanentes que fazem acolhimento em Cascavel.
Ginásio virou alojamento em Cascavel
Reprodução/RPC
CIANORTE
O Centro de Apoio para Pessoa em Estado de Rua (Caper), o Provopar Municipal e a Secretaria de Assistência Social montaram um abrigo emergencial com 14 vagas, no Salão Comunitário do Pedro Moreira.
A Caper ainda tem18 vagas cofinanciadas pelo município, onde são disponibilizados pouso, banho, alimentação e troca de roupas. As pessoas em situação de rua que recusarem atendimento receberão cobertores.
Serviço de Abordagem Social atende no (44) 99118-8217.
PARANAVAÍ
A Secretaria de Assistência Social vai acolher a população de rua no Centro da Juventude, localizado na Vila Operária. Paranavaí tem 25 moradores de rua. Quem aceitar passar a noite no local terá que fazer o teste de Covid-19.
Quem não quiser ir no Centro da Juventude, receberá cobertor, roupas e máscaras.
LONDRINA
A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) abriu mais 35 vagas em serviços de acolhimentos para a população que mais precisa, totalizando 130 vagas exclusivas para a Operação Noite Fria.
Os moradores de rua serão atendidos no Centro de Assistência e Recuperação de Vidas Morada de Deus e a Casa de Passagem Ministério de Missões e Adoração – Associação MMA. Além disso, o Centro de Convivência da Pessoa Idosa da Região Oeste (CCI Oeste) também está sendo preparado para atender essa população.
A prefeitura ainda vai utilizar dois micro-ônibus para os serviços de abordagem e sensibilização dessas pessoas.
Quem vir uma pessoa em situação de rua pode telefonar no (43) 99991-4568 e (43) 3378-0414.
FOZ DO IGUAÇU
Albergues de Foz do Iguaçu
Prefeitura de Foz do Iguaçu/Divulgação
A Secretaria Municipal de Assistência Social ampliou as vagas nas três casas de passagem existentes para abrigar pessoas em situação de rua. Atualmente, são 140 vagas nesses locais de acolhimento. Com a expectativa da baixa temperatura, serão abertas mais 41 vagas.
A Secretaria de Assistência Social pede doações de roupas, calçados e cobertores, itens ofertados aos usuários durante o acolhimento e às pessoas que não aceitam ir para as casas de passagem.
As doações podem ser entregues de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, na Secretaria de Assistência Social, na Av. Jorge Schimmelpfeng, 111, em frente à Igreja São João Batista.
Informações sobre pessoas em situações de rua podem ser feitas ao telefone 0800 45 14 07.
PONTA GROSSA, UMUARAMA E GUARAPUAVA
Os três municípios vão intensificar as abordagens sociais nas ruas. As cidades também estão pedindo doações de roupas e cobertores para serem entregues para as pessoas que não quiserem ir para albergues ou locais de acolhimento.
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/07/28/previsao-de-frio-intenso-faz-com-que-cidades-paranaenses-abram-vagas-e-novos-abrigos-para-pessoas-em-situacao-de-rua.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp