MENU

05/08/2021 às 19h44min - Atualizada em 05/08/2021 às 19h44min

​Jornalista Jivago França é vacinado contra Covid-19

“Enfim chegou minha vez”, destacou em seu perfil no Instagram

JDS Comunicação
Déborah Alane / PortalJNN
O jornalista e empresário Jivago França de Souza foi vacinado nesta quinta-feira (5) com a primeira dose contra Covid-19 na cidade onde nasceu e sempre viveu, Jacarezinho (PR). “Enfim chegou minha vez”, destacou em seu perfil no Instagram. “Mais de 80% da população adulta aqui da cidade já está com pelo menos uma dose da vacina. Logo todos estaremos imunizados”, enfatizou.

A vacinação aconteceu na data da faixa etária do jornalista após convocação por parte da prefeitura. O secretário municipal de saúde de Jacarezinho, João Luccas Thabet Venturine acompanhou a vacinação e agradeceu o apoio recebido por parte do jornalista nas divulgações em relação a secretaria e a campanha de vacinação em geral. 
 
“Quero parabenizar todos os profissionais da saúde e de outras áreas que desde o começo da pandemia, assim como nós jornalistas, não pararam de lutar contra esse vírus. O aumento da vacinação tem mostrado resultado com queda nos casos e assim diminuição nas restrições. Em breve voltaremos a viver com mais tranquilidade, assim espero”, destacou.

Jivago França que é sócio fundador, presidente CEO e Jornalista responsável pelo PortalJNN, fundado em 2007, enaltece ainda o trabalho dos amigos da imprensa. “Vejo que nós jornalistas que desde o começo trabalhamos levando a informação e expostos ao vírus poderíamos ter sido vacinados também como grupos prioritários, mas infelizmente isso não aconteceu de forma oficial. Agora que recebi a primeira dose a esperança de mais segurança ao trabalhar diretamente exposto cresce, pois o risco de contrair esse vírus consequentemente diminui”, frisou.
 
Infectado

França ainda lembrou quando sua esposa, a neuropsicopedagoga Déborah Alane contraiu o vírus logo no começo da pandemia e ele precisou trabalhar totalmente em casa. “Lá em 2020 ainda quando não se sabia muito sobre a Covid-19, minha esposa foi diagnosticada com o vírus após sentir uma dor de cabeça. Na época, após 18 dias, como recomendação da secretaria municipal de saúde eu cheguei a fazer o teste rápido, mas não detectou o vírus, mesmo eu tendo os mesmos sintomas que ela”, descreveu.

Agora em fevereiro de 2021 Jivago França relatou que novamente com sua esposa sentiram sintomas. “Procuramos atendimento médico e fomos medicados. Dessa vez os sintomas foram mais fortes e ficamos três dias ruins com dores no corpo, febre alta, enjoo, falta de ar, dor de cabeça, fraqueza muscular, entre outros sintomas. Minha esposa até hoje tem sequelas de olfato e paladar devido a infecção, mas felizmente, graças a Deus conseguimos superar”, contou. A esposa de Jivago, Déborah Alane deve se vacinar ainda em agosto se a chegada de novas doses das vacinas continuar como está.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp