MENU

25/08/2021 às 21h30min - Atualizada em 26/08/2021 às 00h50min

Em sua terceira paralimpíada, mesatenista tranquiliza a mãe no interior de SP com promessa de medalha: ‘Ele me passa confiança’

Aos 27 anos, o atleta de Jaú (SP) Paulo Salmin estreia nas Paralimpíadas de Tóquio nesta quinta-feira (26) pela manhã na classe 7 do torneio contra um adversário chinês. Enfermeira aposentada prepara a torcida pela conquista que escapou em Londres e no Rio.

G1 - Bauru, Marília (SP)
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/08/25/em-sua-terceira-paralimpiada-mesatenista-tranquiliza-a-mae-no-interior-de-sp-com-promessa-de-medalha-ele-me-passa-confianca.ghtml

Aos 27 anos, o atleta de Jaú (SP) Paulo Salmin estreia nas Paralimpíadas de Tóquio nesta quinta-feira (26) pela manhã na classe 7 do torneio contra um adversário chinês. Enfermeira aposentada prepara a torcida pela conquista que escapou em Londres e no Rio. Paulo Salmin foi campeão no tênis de mesa do Parapan de 2019
Daniel Zappe/EXEMPLUS/CPB
O mesatenista de Jaú (SP) Paulo Salmin, de 27 anos, inicia às 6h (horário de Brasíia) desta quinta-feira (26) a sua participação nas Paralimpíadas de Tóquio com a missão de buscar a tão sonhada medalha que escapou nas edições de Londres (2012) e do Rio (2016). A mãe, Neia Salmin, já chamou os amigos de Jaú para acordar cedo e torcer pelo filho.
Nascido em Barra Bonita, mas jauense desde os seis meses, Paulo Salmin disputa a classe 7 do torneio de tênis de mesa e sua estreia será contra o chinês Chinês Yan Shuo. O segundo jogo será na sexta-feira (27), às 21h40 (horário de Brasília), ainda sem adversário definido.
A enfermeira aposentada Neia Salmin, de 52 anos, admite o nervosismo ba pré-estreia, mas diz que, agora, está muito mais confiante de que a tão sonhada medalha virá.
“Na Rio-2016 ele estava pronto para a medalha, mas se machucou às vésperas da competição e jogou no sacrifício. Mas ele é um menino super estratégico, inteligente, e não se vitimiza por nada. Lógico que estou nervosa, mas ele me disse esses dias: ‘Mãe, vou ganhar a medalha’. Ele está confiante e passou isso pra mim. Agora vai”, disse Neia Salmin.
A mãe aposta que obstinação do filho será seu maior trunfo para a competição paraolímpica. Nascido com uma má-formação chamada fêmur curto congênito, Paulo precisou desde muito cedo encarar cirurgias para ter alguma chance de mobilidade.
Aos 27 anos, Paulo Salmin estreia nesta quinta-feira (26), às 6h, na Paralimpíada de Tóquio; família na torcida em Jaú
Ale Cabral
A enfermeira lembra que desafiou a família para permitir intervenções cirúrgicas severas, que incluíam amputações do fêmur atrofiado e uso de ossos do pé para fazer a ligação da tíbia com a bacia, o que permitiria o uso de uma prótese. Atualmente, Paulo usa uma prótese de alto rendimento, feita com fibra de carbono.
Neia lembra que a coragem do filho foi posta à prova novamente quando ele tinha 6 anos e perdeu o pai em um acidente de trânsito. Praticante da natação desde criança, resolveu mudar para o tênis de mesa por volta dos 12 anos.
“No começo tentei resistir, pois tinha medo dessa mudança, afinal na água tudo fica mais fácil para quem possui uma limitação física, não tem impacto. Mas ele é corajoso e logo começou a se destacar. Tem horas que penso: de onde vem tanta coragem? Sem uma perna, sem o pai, a mãe enfermeira lutando com dificuldades. Mas ele vence tudo”, orgulha-se a mãe-coruja.
Apesar de ter sofrido uma lesão grave no fim do ano passado, Paulo Salmin conseguiu se recuperar e acredita estar melhor preparado que do que nas outras duas oportunidades que teve de ir às Paralimpíadas.
Atual número 12 do mundo na classe 7, Paulo Salmin foi campeão no Parapan de Lima, no Peru, em 2019, resultado que garantiu sua ida a Tóquio.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/08/25/em-sua-terceira-paralimpiada-mesatenista-tranquiliza-a-mae-no-interior-de-sp-com-promessa-de-medalha-ele-me-passa-confianca.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp