MENU

28/08/2021 às 16h20min - Atualizada em 29/08/2021 às 00h00min

Em Tóquio, Alana Maldonado recebe vibrações da torcida da família no interior de SP para estreia na Paralimpíada: 'Preparada e confiante'

Mãe da judoca de Tupã (SP) que sobe ao tatame neste sábado (28) à noite diz que usa a tecnologia para matar a saudade da filha e enviar apoio para a conquista do ouro, que 'escapou' na final da Rio-2016.

G1 - Bauru, Marília (SP)
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/08/28/em-toquio-alana-maldonado-recebe-vibracoes-da-torcida-da-familia-no-interior-de-sp-para-estreia-na-paralimpiada-preparada-e-confiante.ghtml

Mãe da judoca de Tupã (SP) que sobe ao tatame neste sábado (28) à noite diz que usa a tecnologia para matar a saudade da filha e enviar apoio para a conquista do ouro, que 'escapou' na final da Rio-2016. No Japão, Alana Maldonado recebe vibrações da torcida da família no interior de SP para estreia na Paralimpíada
TV TEM/Reprodução
Quase cinco anos depois de deixar escapar a medalha de ouro na Rio-2016, a judoca Alana Maldonado, de Tupã (SP), sobe novamente na noite deste sábado (28) ao tatame de uma Paralimpíada, agora em Tóquio, no Japão, para seguir na perseguição do grande – e dourado – sonho de sua carreira de paratleta.
Se no já distante dia 10 de setembro de 2016 Alana tinha quase toda a arquibancada da Arena Carioca 3 a seu favor, neste sábado, ao pisar no tatame da tradicional arena Nippon Budokan, a partir das 22h30 (horário de Brasília), a judoca terá de contar com as vibrações e torcida que vem recebendo virtualmente de sua família no interior paulista.
Alana Maldonado judô paralímpico
CPB/Divulgação
A secretária Patrícia Pereira Martins, de 45 anos, mãe de Alana, conta que tem contado com a tecnologia das transmissões pela internet para matar a saudade da filha, longe de casa desde que se tornou atleta do Palmeiras, há sete anos, e também para enviar a torcida dos familiares durante as competições pelo mundo.
Para este sábado, Patrícia e o filho Rafael, de 12 anos, irmão de Alana, vão se reunir com a família na casa de um primo na cidade de Tupã para transformar o local na arquibancada da família Maldonado para, segundo ela, fazer muito barulho pela filha.
“A hora tá chegando e lógico que estamos ansiosos, mas as expectativas são as melhores possíveis. São cinco anos de muita renúncia em nome do esporte, Alana é muito dedicada e está bem preparada. [O ouro] escapou no Rio, mas agora ela está muito confiante. Ela tá feliz e vai dar tudo certo”, conta a mãe.
Judoca de Tupã vai disputar a Paralimpíada de Tóquio
Patrícia não se cansa de destacar a obstinação da filha em busca do ouro paraolímpico, principalmente depois que, aos 7 anos, teve diagnosticada a doença de Stargardt, anomalia congênita que provoca a progressiva perda da visão pela degeneração da parte central da retina. Agora, aos 26 anos, Alana possui apenas 10% da visão em cada olho.
Competindo na categoria até 70 quilos, Alana tem motivos para chegar confiante a Tóquio. Depois daquele ippon por imobilização que sofreu da mexicana Lenia Alvarez e que lhe valeu a medalha da prata no Rio, Alana ganhou o inédito título mundial para o Brasil e foi ouro no Open Internacional na Alemanha.
Judoca Alana Maldonado, ao lado do irmão Rafael e da mãe Patrícia, em Tupã
Arquivo pessoal
Essas, entre outras conquistas, garantiram a ela, em 2018, o segundo título seguido de melhor paratleta do ano no Prêmio Paralímpicos. No ano seguinte, Alana foi prata nos Jogos Parapan-Americanos de Lima.
Nesta sexta-feira (27) pela manhã, a mãe da judoca voltou a falar com filha para compartilhar a expectativa pela estreia e diz que a sentiu ansiosa, mas "muito tranquila".
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2021/08/28/em-toquio-alana-maldonado-recebe-vibracoes-da-torcida-da-familia-no-interior-de-sp-para-estreia-na-paralimpiada-preparada-e-confiante.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp