MENU

01/09/2021 às 14h00min - Atualizada em 01/09/2021 às 14h00min

​Estimativa do IBGE aponta crescimento da população no Norte Pioneiro

Dados são referentes a julho deste ano. Censo para levantamento de números reais deve acontecer no ano que vem

Folha Extra
Romário Luiz
O Norte Pioneiro atingiu a marca de 335.199 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa se refere a 1° de julho de 2021 e foi publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (27). O Censo para levantamento de números reais deve ser realizado no ano que vem.

Os dados apontam que nos 26 municípios que pertencem à região, em 2010 o número de habitantes era de 334.959 moradores. Já em comparação com os dados divulgados na última sexta-feira, houve um acréscimo pequeno de 240 habitantes no intervalo de 10 anos.

Nesta estimativa, o IBGE não incorporou os efeitos da pandemia, conforme explica nota do instituto. “Os efeitos da pandemia da Covid-19 no efetivo populacional não foram incorporados nesta projeção, devido à ausência de novos dados de migração, além da necessidade de consolidação dos dados de mortalidade e fecundidade, fundamentais para se compreender a dinâmica demográfica como um todo”, informou em nota o IBGE.

Segundo o IBGE, as implicações da pandemia no tamanho da população serão verificadas a partir do próximo Censo Demográfico, previsto para ser realizado no ano que vem.

Os relatórios mostram que as cidades que mais cresceram na última década foram Santo Antônio da Platina que em 2010 tinha 42.707 pessoas e, em 2021, passou a ter 46.503 moradores, aumento de 3.796 habitantes. Em Ibaiti os números mostram aumento de 3.103 moradores passando de 28.751 para 31.854 pessoas. Já a cidade de Siqueira Campos passou de 18.454 para 21.476 em 2021, registrando um aumento de 3.022 habitantes.

Os relatórios do IBGE também mostram as cidades do Norte Pioneiro que mais perderam moradores na última década, sendo as cidades de Tomazina com uma baixa de 1.092 habitantes, passando de 8.791 em 2010 para 7.699 em Julho de 2021. Andirá também sofreu com o êxodo das cidades pequenas e apresentou redução populacional de 20.610 para 19.823 habitantes. Figueira também apresentou déficit populacional com baixa de 668 habitantes, sendo que em 2010 tinha 8.293 moradores passando agora a ter 7625 habitantes.

A cidade de Wenceslau Braz, sede da Folha Extra, teve um pequeno aumento de 60 habitantes, passando de 19.298 para 19.358 em 2021.

As cidades levadas em consideração para o levantamento são Wenceslau Braz, Abatia, Andirá, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Curiúva, Figueira, Guapirama, Ibaiti, Jaboti, Jacarezinho, Japira, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Pinhalão, Quatiguá, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santana do Itararé, São José da Boa Vista, Salto do Itararé, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos e Tomazina.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp