MENU

06/09/2021 às 21h56min - Atualizada em 07/09/2021 às 00h50min

Em duas semanas, cabo da PM ajuda duas mães a salvarem bebês engasgados, no norte do Paraná

Policial orientou moradoras de Apucarana, que ligaram para a central pedindo socorro; mães dos bebês salvos visitaram a cabo Ana Cebrian, nesta segunda-feira (6), para agradecer.

G1 - Norte, Nordeste PR
https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2021/09/06/por-telefone-cabo-da-pm-ajuda-duas-maes-a-salvarem-bebes-engasgados-em-duas-semanas-no-norte-do-parana.ghtml

Policial orientou moradoras de Apucarana, que ligaram para a central pedindo socorro; mães dos bebês salvos visitaram a cabo Ana Cebrian, nesta segunda-feira (6), para agradecer. Policial salva dois bebês engasgados em 14 dias
Uma cabo da Polícia Militar (PM), de Apucarana, no norte do Paraná, ajudou duas mães a salvarem bebês recém-nascidos que haviam engasgado.
Os dois casos aconteceram em um intervalo de tempo de duas semanas, e contaram com as orientações da cabo Ana Cebrian que, por telefone, conduziu as duas moradoras a salvarem os filhos.
Funcionária de praça de pedágio salva bebê que se engasgou com leite no Paraná; VÍDEO
Nesta segunda-feira (6), Leandra Gomes Correa e Cinthia Peliceri de Oliveira decidiram ir até o batalhão onde Ana trabalha para conhecê-la e para agradecer pelo socorro.
Por telefone, cabo da PM ajudou mães a salvarem dois bebês engasgados, em Apucarana
Reprodução/RPC
Leandra contou que estava sozinha em casa e que ficou apavorada ao ver que o filho, William, de 48 dias de vida, havia parado de respirar depois de engasgar.
Segundo ela, o primeiro número de telefone que veio à mente foi o da Polícia Militar.
Leia, abaixo, a transcrição da ligação:
PM: "Oi".
Leandra: "Moça, pelo amor de Deus, me ajuda. Meu filho está engasgando, eu não sei o que fazer".
PM: "Quanto tempo ele tem?"
Leandra: "Ele tem 48 dias".
PM: "Coloca ele de bruços no seu braço. Você está sozinha?"
Leandra: "Eu tô".
PM: "Tá. Coloca ele de bruços no seu braço, com o narizinho e a boquinha entre os seus dois dedos da mão".
Leandra: "Ai, moça".
PM: "Você está conseguindo fazer? Tenta ficar calma. Ele está respirando?"
Leandra: "Ele está".
PM: "Ele está? Você está um pouco mais calma?"
Leandra: "Ele está começando a querer chorar".
PM: "Isso. Ele vai melhorar. Fica tranquila".
A mãe afirma que o desespero pelo ocorrido ficou gravado na memória dela: "Eu pensei que estava perdendo meu filho ali. Você vê seu filho caindo, sem respirar, você não sabe o que fazer. Você vai morrendo junto".
Mãe ligou para a PM para pedir socorro ao perceber que o filho estava engasgado
Reprodução/RPC
Cabo Ana agradeceu o carinho das duas moradoras. Ela ressaltou que em situações como essa o mais indicado é ligar para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ou para o Corpo de Bombeiros, mas que os policiais também precisam estar preparados.
"A principal coisa é pensar que a pessoa do outro lado está muito mais nervosa que você. Então, tem que buscar toda a calma que você tiver e tentar transmitir para ela tranquilidade e segurança", afirmou.
O outro bebê que contou com a ajuda da policial para ser salvo, Miguel, tinha 12 dias de vida e é o primeiro filho de Cinthia. A mãe relembrou o desespero que sentiu ao ver o filho desfalecer nos braços.
"Eu vi que ele parou de respirar, começou a ficar vermelho. Eu já tinha estudado sobre a manobra antes, quando engravidei, mas na hora deu um branco, eu fiquei desesperada. Eu estava sem respirar junto. Quando ele chorou, eu chorei junto", afirmou.
Mães de bebês salvos com ajuda de cabo da PM visitaram a policial, em Apucarana
Reprodução/RPC
Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/2021/09/06/por-telefone-cabo-da-pm-ajuda-duas-maes-a-salvarem-bebes-engasgados-em-duas-semanas-no-norte-do-parana.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp