MENU

08/09/2021 às 12h32min - Atualizada em 08/09/2021 às 12h32min

Cambaraenses vão as ruas em apoio as manifestações pelo Brasil

Ato reuniu grande público e contou com apoio da classe produtiva municipal, profissionais liberais, da educação, empresários, comerciantes, representantes de sociedade de serviço, comunidade no geral e parte da classe política local

Carlos Roberto Francisquini / Circulando Aqui
Carlos Roberto Francisquini / Circulando Aqui
O dia Sete de Setembro, tradicionalmente celebrado em Cambará com os desfiles das escolas públicas e particulares, este ano, por conta da pandemia, não foi realizado como de costume, mas nem por isto passou em branco.

Engajados como boa parte do povo brasileiro que havia anunciado atos em prol da democracia e apoio ao governo de Jair Bolsonaro, nesta data, cambaraenses de todas as partes se reuniram para promover seu manifesto.

O ato reuniu grande público e contou com apoio da classe produtiva municipal, dos profissionais liberais, dos empresários, comerciantes, de representantes de sociedade de serviços e parte da classe política local.

É a maior manifestação pública organizada no município por agentes a partidários, ou seja, pessoas da comunidade não ligadas a partidos políticos que promoveram o chamamento, organizaram o itinerário além de ter arrecadado alimentos não perecíveis que serão destinados a entidades filantrópicas da cidade.

A reportagem conversou com algumas pessoas que saíram em carreata pelas ruas da cidade e a maioria disse que estava ali para apoiar a democracia, as liberdades previstas na constituição e a própria Constituição. Houve quem disse que estava na manifestação apoiando o presidente Jair Bolsonaro e protestando contra o que classifica de decisões arbitrárias de alguns membros do STF.  

Por onde passou, a carreata chamou atenção de populares, que também, em sua grande maioria, diz ter apoiado o ato público em Cambará e as manifestações pelo Brasil.

Pessoas ouvidas pela reportagem afirmam que existe na cúpula do poder em Brasília uma queda de braço que está prejudicando o país e que algo precisa mudar para o bem da nação.

“Eu não sei o que está acontecendo lá, (Brasília) mas se existe tanta gente importante apoiando o presidente, é por que ele deve ter razão”, disse a Dona de Casa Maria de Juses Raimundo ao ver a enorme carreata passar na rua de sua casa.

Após percorrer as principais ruas e bairros da cidade, parte dos participantes se concentraram na Praça Dr. Miguel Dinizo, onde após alguns breves discursos, foi entoado o Hino Nacional Brasileiro finalizando o ato público.


 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp