MENU

08/09/2021 às 12h33min - Atualizada em 08/09/2021 às 12h33min

​Protestos bloqueiam a PR-092 em Wenceslau Braz e BR-153 em Santo Antônio da Platina

De acordo com representante do movimento Patriotas, também há trechos bloqueados em Jaguariaíva e Ponta Grossa

Folha Extra
Folha Extra
s protestos de manifestantes contra o STF (Supremo Tribunal Federal) que foi realizado em diferentes regiões do Brasil neste dia Sete de Setembro segue com manifestações nesta quarta-feira (08). Na região do Norte Pioneiro, caminhoneiros que fazem parte do movimento Patriotas estão realizando bloqueios na rodovia PR-092 em Wenceslau Braz e BR-153 em Santo Antônio da Platina.

A Folha conversou com Marinaldo Machado, caminhoneiro e membro da Associação Brasileira de Patriotas que coordena as manifestações no bloqueio em Wenceslau Braz. “Esta é mais uma manifestação em apoio aos mais de 2 milhões de manifestantes que seguem acampados na Esplanada dos Ministérios (em Brasília) a favor da exoneração dos 11 ministros do STF e do voto auditável com contagem pública dos votos”, explicou.

Machado também falou sobre os bloqueios na região e como fica o trafego de veículos durante as manifestações. “Os protestos irão seguir até que os ministros do STF saiam. Enquanto isso, segue liberado o trânsito de automóveis, ônibus, caminhões com cargas perecíveis, cargas vivas, rações, veículos de segurança, socorro, Corpo de Bombeiros e de saúde. O restante segue parado”, pontuou.

O caminhoneiro também falou sobre a relação do protesto e as altas nos preços de combustíveis, gás de cozinha e produtos em geral. “A questão é que caindo o STF melhora para todo mundo, pois já são três anos de mandato e o presidente não consegue governar porque o Supremo não deixa. Já são 123 ações contra o presidente impedindo ele de trabalhar”, justificou Machado.

Ele também falou sobre a adesão ao protesto por parte dos caminhoneiros. “A grande maioria está a favor do movimento e temos registro de protesto em todo o país. Até mesmo as transportadoras estão suspendendo as cargas para ajudar a fortalecer o movimento. Tem alguns que por diferentes motivos tentam furar os bloqueios, mas não vamos deixar”, frisou Marinaldo.

Ainda de acordo com Machado, os manifestantes já conversaram com agentes da Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Militar. “Estamos tendo maior apoio da PRE, pois é um movimento ordeiro. Também já estive em contato com o cabo e o sargento que estiveram aqui no protesto passando orientações para que tudo ocorra sem prejuízos para os manifestantes nem para os usuários da rodovia”, explicou.

Segundo os manifestantes, também estão sendo realizados bloqueios nas cidades de Jaguariaíva e Ponta Grossa, além do Porto de Paranaguá estar bloqueado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp