MENU

15/11/2021 às 11h30min - Atualizada em 15/11/2021 às 11h30min

Indústria do entretenimento mostra crescimento significativo no Brasil

Redação
Nos últimos tempos, tanto usuários quanto criadores de conteúdo da indústria do entretenimento se viram em meio a uma grande incerteza. No entanto, o ano de 2021 já deu sinais claros de crescimento para este setor no Brasil, com a transmissão de conteúdos ao vivo e o uso de plataformas móveis sendo os protagonistas desse impulso.

Quais são os números que demonstram esse crescimento?


O mercado global de mídia e entretenimento encontrou uma trégua nos últimos meses graças à digitalização de conteúdo e ao crescimento no uso da internet em todo o mundo. Segundo uma pesquisa da empresa PwC, esse mercado vai movimentar mais de US$ 2,23 trilhões em 2021, enquanto se espera que no Brasil a receita gerada neste setor consiga ultrapassar os US$ 43,7 bilhões no mesmo período. Entre os principais mercados desta indústria que pretendem manter tal crescimento estão os de videogames, publicidade na internet e transmissão de vídeos através de plataformas online.

Além do impacto econômico esperado para o crescimento dessa indústria, vale considerar os fatores que contribuíram para gerar esse cenário positivo no Brasil. Conforme revelado por uma investigação da Comscore, são os dispositivos móveis que desempenham um papel fundamental neste crescimento, uma vez que o número de brasileiros que navegam na internet através de smartphones já ultrapassa os 77 milhões – sendo esses dispositivos os preferidos pelos brasileiros para navegar na rede. Como ponto de referência, vale a pena mencionar que o Brasil já lidera o mercado de audiências móveis na América Latina, acima de países como México, Colômbia e Chile.

O impacto das transmissões ao vivo


O grande número de dispositivos móveis e a crescente penetração da internet em território brasileiro têm encontrado um grande aliado para o aumento no desenvolvimento de novas tecnologias. As transmissões ao vivo tornaram-se uma ferramenta fundamental para a inovação em diversos setores da indústria do entretenimento.

Uma das amostras mais recentes em nossa região e que demonstra a força do live streaming é o Festival Jacarezinhense da Canção de 2021, que terá um formato totalmente online este ano. Graças a este formato de streaming ao vivo pela internet, é possível que as tradicionais mostras de música, bem como os shows de abertura e encerramento do evento, possam ser curtidos por milhões de pessoas, independentemente do lugar em que estejam.



Da mesma forma, outros setores para além do da música embarcaram nessas inovações, sendo o dos jogos online um dos mais sintonizados com as novas tecnologias. Plataformas de cassino online como a Betway, por exemplo, adotaram a ferramenta de streaming para proporcionar aos seus usuários uma experiência imersiva de casino ao vivo, que traz jogos populares como roleta, pôquer ou blackjack para a palma das suas mãos. A plataforma oferece uma experiência de jogo bastante real, e as transmissões ainda contam com a presença de dealers profissionais, mimetizando de forma autêntica a atmosfera dos cassinos físicos.

Outra indústria que também encontrou no streaming um grande aliado para aumentar sua popularidade no território brasileiro foi a de videogames. Tal popularidade é demonstrada pela existência de plataformas de streaming de videogames como a Nimo TV, que registrou um crescimento de 25% no número de espectadores e 20% no número de streamers contratados, além de um aumento de 80% no número de campeonatos transmitidos em relação aos números do ano anterior. Globalmente, o mercado de videogames bateu recorde de receita em 2020, e a expectativa é de que em 2023 possa movimentar até US$ 200 bilhões, sendo um dos poucos setores da indústria do entretenimento que teve crescimento constante nos últimos meses.

As plataformas favoritas dos brasileiros


Como já mencionamos, o crescimento do número de dispositivos com acesso à internet no Brasil tem os smartphones como protagonistas, que, por sua vez, geraram um novo mercado de oportunidades para criadores de conteúdo por meio de plataformas móveis. De acordo com matéria compartilhada pela plataforma online iG, o brasileiro é o público que mais passa tempo no celular, com uma média de 5,4 horas diárias, superando a de países como Indonésia, Índia, México e Estados Unidos.

Além disso, os brasileiros também são os que mais gastam tempo em aplicativos globalmente. Isso permite que criadores de conteúdo compartilhem suas criações com o mundo e se tornem virais em questão de dias por meio de redes sociais como Tik Tok e plataformas de streaming de música como Spotify. Foi esse o caso de MC Anjim, artista mineiro que se destacou no cenário internacional com sua faixa “Bala Love”. Por fim, uma pesquisa realizada pela empresa Finder revelou que o Brasil é o segundo país que mais consome conteúdo através de streaming no mundo, atrás apenas da Holanda e da Irlanda, sendo a Netflix a plataforma que tem conquistado a preferência dos usuários brasileiros.

Graças à praticidade que a tecnologia de streaming oferece aos usuários, ao permitir o acesso a conteúdos de áudio e vídeo em tempo real e independentemente de onde se encontrem, plataformas como Netflix, Amazon Prime Video e HBO Max encontraram um cenário de crescimento no mercado brasileiro. Ao mesmo tempo, plataformas como as já mencionadas Spotify, e até redes sociais como Facebook e Tik Tok, oferecem aos seus usuários uma grande variedade de opções de entretenimento, possibilitando que carreguem consigo possibilidades diversas de diversão.



Após um período difícil para a indústria do entretenimento no Brasil, tecnologias como o streaming de conteúdos e o crescimento do número de dispositivos móveis conectados à internet no país tornaram-se os pontos-chave para a recuperação e o crescimento do setor. Indo para além do universo de séries e filmes, outros ramos do entretenimento, como o de jogos online e festivais de música, encontraram na digitalização de seus conteúdos uma oportunidade de crescer em popularidade no mercado brasileiro.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp