MENU

27/04/2020 às 10h02min - Atualizada em 27/04/2020 às 10h02min

Comércio de Jacarezinho reabre com restrições

Muitas pessoas ainda não respeitam distância mínima em filas

Jivago França - PortalJNN
Jivago França / PortalJNN
A reabertura do comércio considerado não essencial em Jacarezinho aconteceu às 10 horas desta segunda-feira (27) com movimento intenso na rua Paraná, principal rua comercial da cidade.

Lojistas abriram suas portas, mas com bastante restrições impostas no decreto Nº 7.329/2020 emitido na quarta-feira (22). Um maior número de pessoas começou a utilização das máscaras, se comparado a dias anteriores.

Os funcionários e proprietários das lojas seguiram as regras quanto a entrada limitada de clientes, disponibilização de álcool em gel nas portas.

Comerciantes também disponibilizaram colaboradores no controle da distância mínima das filas, mas infelizmente algumas pessoas mesmo com orientações não respeitam o distânciamento.


A maior aglomeração de pessoas se deu em frente à agência da Caixa Econômica Federal com fila extensa. Lotéricas também tinham filas maiores, mas também com as medidas de segurança estipuladas pelo decreto.

O documento flexibiliza o funcionamento do comércio local. Uma das recomendações, ainda não seguida por algumas pessoas, é o uso massivo de máscara.

Segundo o decreto, restaurantes, bares e lanchonetes poderão atender ao público, a partir de hoje (27), de segunda a sexta-feira, no máximo até às 20h e aos sábados até às 14 horas.

O funcionamento do comércio em geral será somente de segunda a sexta-feira das 10h às 16 horas. A lotação será de um cliente para cada oito metros quadrados e no máximo dois clientes por caixa de pagamento, no máximo quatro clientes ao mesmo tempo no ambiente interno do estabelecimento (detalhes no decreto).

A feira livre será permitida a partir desta quarta, dia 29. A permissão é de funcionamento às quartas-feiras das 14h às 20h e de domingo, das 8h às 14h com medidas de segurança.

As barracas deverão ter no mínimo três metros de distância entre elas. O feirante deve manter o mínimo de dois metros de distância entre os consumidores. Fica proibido disponibilizar cadeiras, mesas, bancos ou similares aos clientes.

Veja mais detalhes no decreto.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp