MENU

20/01/2021 às 15h16min - Atualizada em 20/01/2021 às 15h16min

Para CPFL, "picos de falta de energia" em Jacarezinho são causados por fatores além da responsabilidade da distribuidora

Tempestades, queimadas, interferência de animais ou vegetação, colisão de veículos contra postes, entre outros são as causas mais comuns segundo a empresa

Jivago França - PortalJNN
Jivago França / PortalJNN
A CPFL Santa Cruz esclareceu com exclusividade à reportagem do PortalJNN o motivo de vários "picos de falta de energia" na cidade. Os moradores de Jacarezinho sabem que é comum acontecer interrupções de fornecimento de energia elétrica, principalmente com tempo instável e o PortalJNN questionou a empresa quanto a esses "picos de falta de energia". No final de novembro de 2020, Jacarezinho sofreu um "apagão" que deixou grande parte da cidade no escuro por quase uma hora.

A assessoria de comunicação da empresa enviou uma nota ao PortalJNN onde explica que fatores além da responsabilidade da distribuidora causam a grande maioria dos "picos". Segundo a nota, entre outubro de 2020 e 15 de janeiro de 2021, cerca de 60% dos registros de interrupção de energia em Jacarezinho foram causados por tempestades, queimadas, interferência de animais ou vegetação, colisão de veículos contra postes, defeitos em rede interna de clientes afetando imóveis vizinhos, além de ocorrências necessárias para a segurança das equipes e da população durante manutenções, os chamados desligamentos programados.

"Em relação aos restante dos registros, a companhia destaca que as equipes de manutenção sempre trabalharam rapidamente para identificar a causa e restabelecer o fornecimento o quanto antes. Vale ressaltar que as interrupções na maioria das vezes foram pontuais e afetaram apenas parte de bairros ou ruas da cidade", diz parte da nota enviada pela empresa.

Confira abaixo a nota na íntegra:

 
"A CPFL Santa Cruz esclarece que, entre outubro de 2020 e 15 de janeiro de 2021, cerca de 60% dos registros de interrupção de energia em Jacarezinho teve como causa fatores que vão além da responsabilidade da distribuidora como tempestades, queimadas, interferência de animais ou vegetação, colisão de veículos contra postes, defeitos em rede interna de clientes afetando imóveis vizinhos, além de ocorrências necessárias para a segurança das equipes e da população durante manutenções, os chamados desligamentos programados. Em relação aos restante dos registros, a companhia destaca que as equipes de manutenção sempre trabalharam rapidamente para identificar a causa e restabelecer o fornecimento o quanto antes. 
 
Vale ressaltar que as interrupções na maioria das vezes foram pontuais e afetaram apenas parte de bairros ou ruas da cidade. A distribuidora solicita que os clientes que necessitarem de serviços entrem em contato por meio dos canais digitais de atendimento como o site www.cpfl.com.br, aplicativo para smartphones “CPFL Energia”, WhatsApp (19) 3795-1705 e call center 0800 772 2196. Todos os canais funcionam 24 horas, todos os dias.
 
A empresa reforça ainda que trabalha para consolidar a qualidade, modernização e ampliação da rede elétrica na região, tendo investindo só nos primeiros nove meses de 2020 R$ 3,2 milhões no município."
 
É proibida a cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do PortalJNN bem como de suas imagens sem autorização por escrito. O conteúdo do PortalJNN é protegido pela Lei de Direitos Autorais (nº 9610/98).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp